Rival do Flamengo na Libertadores, Junior Barranquilla fica sem técnico a três dias do retorno à competição

Campeão da Supertaça da Colômbia na última sexta-feira, o Junior Barranquilla começou a semana sem treinador. O uruguaio naturalizado colombiano Julio Comesaña pediu demissão do cargo nesta segunda-feira, a três dias do retorno à Libertadores da América.

O Junior Barranquilla jogará na próxima quinta-feira contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador, e segundo comunicado da diretoria, o time terá dois treinadores na partida: Luis Amaranto Perea e Luis Grau. Junior e Barcelona estão no grupo A, com Flamengo e outro equatoriano, o Independiente del Valle, que se enfrentam também na quinta, em Quito.

O time colombiano foi o adversário de estreia do Flamengo na atual libertadores, derrotado em casa por 2 a 1, em março. Os dois times voltarão a se enfrentar apenas na sexta rodada, no Maracanã.

Segundo a imprensa colombiana, a saída de Comesaña pode estar ligada ao atacante Teo Gutierrez, um dos jogadores mais experientes do elenco do Junior. Criticado após a derrota por 2 a 1 em casa, para o América de Cali, no jogo de ida da Supertaça, o atacante fez uma live no Instagram para desabafar após o 2 a 0 de sexta-feira que valeu o título ao Junior.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *