Vettel contesta ideia de grid reverso na F1: “Completamente errado”

pódio do GP de Monza, na Itália, despertou novos debates na Fórmula 1 sobre o grid reverso. Nesta quinta-feira, o tetracampeão Sebastian Vettel afirmou discordar de uma possível inserção da regra e pediu foco em regras eficazes na F1.

– Se você está indo nessa direção, é um testemunho de que você falhou em criar regulamentos e ferramentas que unam mais a área e tornem as corridas melhores na pista – disse o alemão.

Com o resultado improvável de Pierre Gasly, Carlos Sainz e Lance Stroll no pódio em Monza, o próprio diretor da categoria, Ross Brawn, admitiu o desejo de testar uma prova de qualificação com a configuração invertida. A ideia se aplicaria apenas à etapa classificatória, na qual é decidido o grid de largada do principal evento da competição, aos domingos. O conceito já foi proposto às equipes no início da temporada e precisava de unanimidade para seguir, mas foi rejeitado pela Mercedes.

– Obviamente, as esperanças estão em 2022 para as mudanças de regulamento. Acho que precisamos consertar isso e abordar os pontos principais em vez de tentar jogar na loteria. É contra o elemento do esporte e da competição – disse Vettel sobre a possibilidade de a categoria utilizar o grid invertido.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *