Corinthians cai zerado, assusta e agora tem só o Brasileiro. Sem direito a fracasso

Não adianta o torcedor do Corinthians se iludir em 2021. Não há esse direito. Será um ano de sacrifício. A terceira eliminação da temporada, agora na Copa do Brasil, contra o Atlético-GO, chega com a impressão de que o clube se livra de um problema ao não ter nada mais a disputar além do Campeonato Brasileiro.

Não adianta também reclamar da falta de reforços ou de um elenco que se apresentou diante do Atlético-GO como pouco competitivo – o Timão sai zerado, sem nenhum gol em 180 minutos (ou 270, somado o confronto do Brasileirão) contra o rival goiano.

O ano, de acordo com a presidência, é de reduzir gastos. E o foco das reduções é no time profissional, que já caiu também no Paulistão e na Copa Sul-Americana.

É com esse elenco, que por vezes parece se acostumar com a mediocridade coletiva de atuação, que o Corinthians vai disputar o Campeonato Brasileiro. Desse plantel, Sylvinho terá de ser criativo e extrair e potencializar ao máximo as coisas positivas. Sem teimosia e sem convicções irrefutáveis.

Não mais margem para fracassar. Esgotaram-se as possibilidades nos torneios com mata-mata. No Brasileiro, não reagir cobra preço altíssimo. É Corinthians por Corinthians.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *