Vídeo mostra momento em que radiotelescópio de Arecibo desaba em Porto Rico

Imagens gravadas por drone e divulgadas nesta quinta-feira (3) pela Fundação Nacional de Ciências dos Estados Unidos mostram o momento em que a estrutura do Observatório de Arecibo, em Porto Rico, começa a desabar. Assista ao VÍDEO acima.

Nas imagens, é possível ver cabos se rompendo e derrubando uma plataforma de mais de 900 toneladas que abrigava o radiotelescópio. A estrutura caiu sobre o prato do refletor, que ficava a cerca de 120 metros abaixo. No momento da queda, ouve-se um grande estrondo.

desabamento do radiotelescópio de Arecibo aconteceu na terça-feira (1º), após as autoridades científicas dos EUA já terem anunciado o fechamento do observatório por problemas na estrutura. Em agosto, um cabo auxiliar quebrou e, no começo de novembro, um dos cabos principais rompeu.

Imagem mostra o radiotelescópio danificado no Observatório de Arecibo, em Porto Rico, no dia 17 de novembro de 2020 — Foto: Imagem de satélite / Maxar Technologies via AP

Imagem mostra o radiotelescópio danificado no Observatório de Arecibo, em Porto Rico, no dia 17 de novembro de 2020 — Foto: Imagem de satélite / Maxar Technologies via AP

Foto de 11 de agosto de 2020 mostra os danos causados por um cabo rompido — Foto: Observatório de Arecibo via AP

Foto de 11 de agosto de 2020 mostra os danos causados por um cabo rompido — Foto: Observatório de Arecibo via AP

Testemunhas relatam incidente e lamentam perda

O colapso surpreendeu muitos cientistas. “Soou como um estrondo”, disse Jonathan Friedman, que trabalhou por 26 anos como pesquisador associado sênior no observatório e ainda vive perto dele. “Eu estava gritando. Eu estava fora de controle. Não tenho palavras para expressar isso. É uma sensação muito profunda e terrível“.

Friedman contou que subiu correndo uma pequena colina perto de sua casa e confirmou suas suspeitas: uma nuvem de poeira pairava no ar onde a estrutura ficava, destruindo as esperanças de alguns cientistas de que o telescópio pudesse ser consertado de alguma forma.

“É uma grande perda”, disse Carmen Pantoja, astrônoma e professora da Universidade de Porto Rico que usou o telescópio em seu doutorado. “Foi um capítulo da minha vida.”

Vista do Observatório de Arecibo, um dos telescópios mais importantes do mundo, no dia 13 de julho de 2016 — Foto: Danica Coto/Arquivo/AP

Vista do Observatório de Arecibo, um dos telescópios mais importantes do mundo, no dia 13 de julho de 2016 — Foto: Danica Coto/Arquivo/AP

O telescópio foi construído na década de 1960 com dinheiro do Departamento de Defesa. Ele suportou furacões, umidade tropical e uma série de terremotos recentes em seus 57 anos de operação.

O telescópio era usado para rastrear asteroides, conduzir pesquisas e determinar se um planeta é potencialmente habitável. Também serviu como campo de treinamento para alunos de pós-graduação e atraiu cerca de 90 mil visitantes por ano.

“O mundo sem observatório perde, mas Porto Rico perde ainda mais”, disse Abel Méndez, professor de física e astrobiologia da Universidade de Porto Rico em Arecibo, que usou o telescópio para pesquisas.

Cerca de 250 cientistas em todo o mundo estavam usando o observatório quando ele foi fechado em agosto, incluindo Méndez, que estava estudando estrelas para detectar plantas habitáveis.

“Estou tentando me recuperar. Ainda estou muito afetado”, disse o professor de física.

Mergulhadores alemães encontram equipamento nazista perdido no fundo do Mar Báltico

Mergulhadores alemães que procuravam redes de pesca descartadas no Mar Báltico se depararam com uma rara máquina codificadora. Os profissionais acreditam que a Enigma, usada pelos militares nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, foi atirada para fora de um submarino naufragado.

O arqueólogo submarino Florian Huber achou ter descoberto uma máquina de escrever presa em uma rede no fundo da Baía de Gelting, na fronteira do mar da Alemanha com a Dinamarca. Mas ele logo percebeu o significado histórico do achado.

Os militares nazistas usavam os aparelhos para enviar e receber mensagens secretas durante a guerra, mas criptógrafos britânicos decifraram o código, ajudando os aliados a obterem uma vantagem na batalha naval pelo controle do Atlântico.

Mergulhaores Christian Howe, Florian Huber e Uli Kunz com equipamento nazista encontrado no mar Báltico — Foto: Christian Howe/Reuters

Mergulhaores Christian Howe, Florian Huber e Uli Kunz com equipamento nazista encontrado no mar Báltico — Foto: Christian Howe/Reuters

Uma equipe liderada pelo matemático Alan Turing, em Bletchley Park, no Reino Unido – onde os britânicos escutavam as transmissões alemãs –, recebeu o crédito por decifrar do código, abreviando a guerra e salvando milhares de vidas.

Pouco antes da rendição alemã, em maio de 1945, as tripulações de cerca de 50 submarinos obedeceram a ordem de afundar as embarcações na Baía de Gelting para evitar entregá-las aos aliados. Destruir os artefatos de codificação também foi parte desta ordem.

A máquina resgatada pelos mergulhadores será doada ao museu de arqueologia de Schleswig, no norte da Alemanha.

Máquina decodificadora Enigma foi encontrada no fundo do Mar Báltico por mergulhadores alemães — Foto: Christian Howe/Reuters

Máquina decodificadora Enigma foi encontrada no fundo do Mar Báltico por mergulhadores alemães — Foto: Christian Howe/Reuters

Polícia prende 9 suspeitos de participação no roubo a banco em Criciúma

A Polícia Civil prendeu 9 suspeitos de participar do roubo a uma agência do Banco do Brasil em Criciúma, Santa Catarina. Dois deles foram localizados em Gramado, na Serra do Rio Grande do Sul, na manhã desta quinta-feira (3), segundo a Chefe da Polícia Civil, Nadine Anflor. A polícia apura se um dos presos pertence a facção criminosa de SP.

Outros seis foram presos entre a tarde de quarta (2) e a madrugada desta quinta, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Os suspeitos são de São Paulo (7) e Minas Gerais (1).

Na tarde de quarta-feira (2), a Polícia Civil de São Paulo prendeu uma mulher na capital paulista.

Na noite de segunda-feira (30), cerca de 30 pessoas encapuzadas causaram terror na cidade ao roubar o cofre de uma agência do Banco do Brasil. Funcionários foram feitos reféns, vias foram bloqueadas e disparos com armas de grosso calibre foram efetuados. A ação criminosa durou até a madrugada de terça-feira (1º).

Prisões já realizadas

  • 2 homens encontrados em Gramado, na Serra do RS, na manhã de quinta (3).
  • 1 homem encontrado em uma casa na cidade de Três Cachoeiras (RS), na madrugada de quinta (3).
  • 2 homens encontrados em um viaduto da BR-116 em São Leopoldo (RS), na tarde de quarta (2).
  • 3 homens encontrados entre a divisa de Torres (RS) e Passo de Torres (SC), na tarde de quarta (2).
  • 1 mulher encontrada em uma casa em São Paulo (SP), na tarde de quarta (2).
Investigações sobre assalto em Criciúma — Foto: Fernanda Garrafiel - Arte G1

Investigações sobre assalto em Criciúma — Foto: Fernanda Garrafiel – Arte G1

Veja mais detalhes das prisões

Na madrugada desta quinta-feira (3), o Batalhão de Operações Especiais (Bope) prendeu um suspeito em uma casa na cidade de Três Cachoeiras (RS), que fica a cerca de 100 km de Criciúma.

No início da tarde desta quarta-feira (2), dois homens foram encontrados em um viaduto da BR-116 em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Eles foram levados até o Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil, na capital.

Os outros três suspeitos foram localizados entre a divisa de Torres, no Litoral Norte gaúcho, e Passo de Torres, já em Santa Catarina. Eles foram levados para a delegacia de polícia de Araranguá, localizada a cerca de 35km de Criciúma.

Também na tarde de quarta, uma mulher de 31 anos foi presa em São Paulo suspeita de participação no mega-assalto. Ela foi localizada, após uma denúncia, no Jardim Reimberg, Zona Sul da capital paulista. Com a mulher os policiais encontraram malotes de dinheiro do Banco do Brasil, que serão periciados.

Na terça-feira (1°), um galpão usado pelos criminosos foi encontrado pela Polícia Militar na cidade vizinha de Içara, a cerca de 9 quilômetros de Criciúma.

Resumo do assalto

Com homenagem a Maradona, Tévez marca, e Inter perde para o Boca

  • Quando os deuses do futebol decidem fazer história, não tem jeito. Carlos Tévez precisou de apenas uma chance para fazer o gol da vitória do Boca Juniors sobre o Inter no Beira-Rio, na noite chuvosa desta quarta-feira, no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. Justo o camisa 10 que tanto sofreu com a morte do ídolo Maradona. A comemoração não teria menos que uma homenagem ao Pibe. Já o Colorado resumiu-se a um mero coadjuvante, com duas oportunidades perdidas.

  • Como fica

    O Boca leva a vantagem do empate para o segundo jogo, na quarta-feira que vem, na Bombonera. Ao Inter restará uma vitória por dois gols de diferença. Se devolver o placar desta noite, a decisão vai para os pênaltis. Devido ao saldo qualificado, o time gaúcho também fica com a vaga se fizer 2 a 1, 3 a 2, assim por diante.

  • Próximos jogos

    Antes de se reecontrarem, Inter e Boca entram em campo pelos campeonatos nacionais no domingo. O Colorado enfrenta o Atlético-MG no Mineirão, às 18h15. Os xeneizes visitam o Talleres às 19h20.

    • Primeiro tempo

      Com o campo pesado devido à forte chuva que caiu minutos antes da partida, as duas equipes tiveram dificuldades para criar. As disputas se tornaram mais físicas que por qualquer outra construção. Em rebote de escanteio, Patrick finalizou pela primeira vez, para fora. Em seguida, Lindoso recebeu na ponta direita e acertou a rede pelo lado de fora. Então, o Boca cresceu no jogo. Mas a melhor chance só veio aos 30, em contra-ataque que Villa chutou cruzado à esquerda de Marcelo Lomba. Aos 44, o goleiro colorado voou para espalmar pancada de Cardona.

    • Segundo tempo

      O Inter perdeu a chance de abrir o placar em duas oportunidades. Aos três, Heitor entrou em velocidade na área e chutou prensado, quase encobrindo Andrada. Aos 12, Rodrigo Lindoso recebeu cruzamento de Uendel e, livre, errou a cabeçada. Então, o Boca aproveitou vacilo de Uendel e Zé Gabriel para marcar. Salvio pegou a bola já dentro da área e rolou para Tévez deslocar Marcelo Lomba. Sem muita inspiração, o Colorado ainda acertou a trave em cobrança de falta de Fernández, aos 34. Patrick finalizou na cara do goleiro aos 40 e ainda pediu pênalti. No último lance do jogo, Marcelo Lomba evitou o segundo gol argentino.

    • De 10 para 10

      Carlos Tévez sentiu a morte do ídolo Diego Maradona, na quarta-feira da semana passada, que inclusive adiou a primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Além disso, seu pai enfrenta uma doença grave. O atacante pediu para não jogar no Campeonato Argentino. Mas nesta noite fez o que Maradona merecia. Marcou após falha da zaga do Inter, tirou a camisa e mostrou outra número 10, usada pelo Pibe na década de 80 pelo Boca.

    • Invencibilidade quebrada

      Mais uma vez na tentativa de retomar o bom futebol, o Inter apostou na invencibilidade contra times argentinos no Beira-Rio por competições sul-americanas. Após 11 partidas, eram seis vitórias e cinco empates. Só que Rodrigo Lindoso errou cabeçada na pequena área, Fernández cobrou falta na trave…

    • Aguaceiro pré-jogo

      Antes de a bola rolar no Beira-Rio, uma tempestade desabou sobre Porto Alegre. Foram cerca de 15 minutos de vento e chuva fortes. Uma parte do gramado ficou cheia de água. Mas, ao longo do primeiro tempo, a drenagem do campo deu conta.

Exagero de Abel? Palmeiras pode, sim, vender Veron por valor maior do que o de Neymar

Após a vitória por 5 a 0 sobre o Delfín, na última quarta-feira, em casa, pelas oitavas de final da Libertadores, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, declarou que “é impossível o Palmeiras vender Gabriel Veron por menos do que Neymar foi vendido ao Barcelona”.

Embora muita gente possa ver a declaração do treinador como exagerada, o fato é que essa avaliação está dentro da realidade pelos valores que envolvem o jogador atualmente.

Gabriel Veron, de 18 anos, assinou recentemente um novo contrato com o Palmeiras, válido até 2025. A multa rescisória é de 60 milhões de euros (cerca de R$ 379 milhões na cotação atual).

Esse valor já seria mais do que os 57 milhões de euros que o Barcelona anunciou como pago para tirar Neymar do Santos, em 2013. Mas a cotação do euro em relação ao real faz com que a diferença seja enorme na moeda brasileira.

Em 2013, o valor pago por Neymar, convertido, foi de cerca de R$ 182 milhões. Com o euro valendo muito mais atualmente, os 60 milhões de euros da multa de Gabriel Veron equivalem hoje a cerca de R$ 379 milhões.

Flamengo dá sinal positivo a oferta do Chipre por Lincoln, que aguarda o Dínamo de Kiev

O Flamengo recebeu uma proposta do Pafos, do Chipre, de 4 milhões de dólares (cerca de R$ 20,5 milhões) por 75% dos direitos econômicos de Lincoln e deu sinal positivo. O atacante é um desejo antigo do clube cipriota, mas o Dínamo de Kiev também tem interesse e seria a preferência do jogador, por disputar competições mais importantes.

O Pafos, atual sexto lugar do campeonato cipriota, deseja fechar a negociação o quanto antes. O Dínamo, que na quarta-feira perdeu para Juventus pela Liga dos Campeões, ainda aguarda a definição de sua classificação para a Liga Europa para saber qual será seu investimento. Saberá na próxima terça, após o duelo com o Ferencváros.

Revelado no Flamengo, Lincoln tem apenas 19 anos e já disputou 64 jogos pelo clube. Marcou oito gols. Considerado uma grande promessa na base, ainda não conseguiu se firmar no profissional e passou a irritar a torcida, principalmente com algumas chances claras que desperdiçou.

No último jogo, contra o Racing, Lincoln não ficou nem no banco. Em sua vaga entrou Rodrigo Muniz, outra promessa da base. A venda do atacante ajudaria a minimizar o prejuízo financeiro que as eliminações precoces na Copa do Brasil e Libertadores acarretaram, além da questão da queda de receita com bilheteria.

Por Cahê Mota — Rio de JaneiroLincol

Lote com 600 litros de insumos para fabricação da vacina CoronaVac chega a São Paulo

Lote com 600 litros de matéria-prima da vacina Coronavac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, chegou nesta quinta-feira (3) a São Paulo.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) esteve no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, ao lado do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e do secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, para acompanhar a chegada do material.

“Viemos receber aqui mais um lote da vacina CoronaVac, da vacina do Butantan, a vacina que vai salvar a vida de milhões brasileiros. Hoje recebemos insumos para 1 milhão de doses da vacina. Somados aos 20 mil que já recebemos, agora temos 1 milhão e 120 mil doses da vacina”, afirmou Doria.

Ainda segundo o governador, até o início do próximo ano, o governo deve receber as mais de 46 milhões de doses previstas.

“Até o final deste mês de dezembro, estaremos aqui recebendo no Aeroporto de Guarulhos mais seis milhões de doses da vacina, totalizando 7 milhões 120 mil doses da vacina. E no próximo mês de janeiro, até o dia 15 de janeiro, mais 40 milhões de doses da vacina. A vacina do Butantan, a vacina que salva vidas.”

Por G1 SP — São Paulo

Após PIB do 3º trimestre, governo diz que ‘escudo’ contra efeitos da pandemia deve ser ‘desarmado’

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia informou nesta quinta-feira (3) que o “escudo de políticas sociais” criado para amenizar os impactos econômicos e sociais da pandemia deve ser “desarmado”.

Segundo a área econômica, o fim de auxílios governamentais abrirá espaço para a agenda de reformas estruturais e medidas de ajuste das contas públicas que, na visão da secretaria, são o “único meio para que a recuperação se mantenha “pujante”.

A avaliação foi divulgada após o anúncio nesta quarta-feira do resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, que registrou um crescimento de 7,7% na comparação com os três meses anteriores. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Maguito deixou ‘escorrer algumas lágrimas’ ao ser informado que foi eleito prefeito de Goiânia, diz filho

Filho de Maguito Vilela (MDB), Daniel Vilela contou que o pai deixou “escorrer algumas lágrimas” ao saber que fora eleito prefeito de Goiânia, na noite de domingo (29). Segundo ele, após reduzirem o nível de sedação do político, que está há mais de um mês internado em tratamento contra a Covid-19, o informaram da vitória nas urnas. No entanto, de acordo com Daniel, por causa do tipo de sedativo, o pai já não deve se lembrar de ter recebido a notícia.

“Ontem foi um dia especial não só pela eleição, mas de notícias muito boas sobre a recuperação dele. Foi reduzida bastante a sedação. Ele chegou a ficar bem acordado, à noite foi até comunicado a ele que ele havia ganhado a eleição, e ele acabou [deixando] escorrer algumas lágrimas, chegando a ficar emocionado”, disse.

Maguito segue internado, nesta segunda-feira (30), no Hospital Albert Einsten, em São Paulo (SP). Ele foi hospitalizado em Goiânia há quase 40 dias, após ser diagnosticado com Covid-19. Com a piora no quadro, foi transferido para a capital paulista para continuar o tratamento, onde está desde 27 de outubro.

O pneumologista Marcelo Rabahi, que vem acompanhando o quadro de saúde de Maguito, analisa se o paciente já pode passar por um teste para ver se consegue respirar sem ajuda de aparelhos. Segundo o médico, essa avaliação deve ser feita até terça-feira (1°).

“Os exames de ontem foram muito bons. Estamos decidindo se faremos o teste de 12 horas sem a ECMO [aparelho externo ligado ao corpo que ajuda na respiração] hoje ou amanhã. Há uma semana ele precisa da máquina só para retirada do gás carbônico, ou seja, há dias que ele já consegue inalar o oxigênio sem ajuda”, detalhou.

O médico explicou que a inflamação no pulmão de Maguito é o que o mantém internado. Para o pneumologista, “há indícios de que ele está se recuperando” dessa condição.

Histórico de internação

O político testou positivo para o coronavírus em 20 de outubro. Dois dias depois, foi internado em um hospital de Goiânia.

Em 27 de outubro, ele recebeu diagnóstico de até 75% de inflamação nos pulmões e um alerta para o nível crítico de saturação de oxigênio no sangue. No mesmo dia, foi transferido para São Paulo.

Em 30 de outubro, Maguito foi entubado, pela primeira vez, após piora no quadro respiratório. Em 8 de novembro, ele voltou a respirar sem o equipamento. O político apresentou piora e voltou à ventilação mecânica em 15 de novembro, dia da votação. Dois dias depois, o candidato iniciou o tratamento respiratório com ECMO.