Após decisão de afastamento do cargo de deputada, Flordelis é hospitalizada no Rio

A deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD) foi hospitalizada no início da noite desta terça-feira, horas após decisão do Tribunal de Justiça do Rio de afastá-la do cargo de parlamentar. A informação foi confirmada ao EXTRA pela assessoria de imprensa da pastora. Flordelis foi levada para um hospital em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ainda não há detalhes sobre seu estado de saúde.

Na tarde desta terça-feira, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, por unanimidade, afastar Flordelis do cargo de deputada federal. A decisão é para que a parlamentar fique afastada de qualquer função pública até seu julgamento em processo no qual é acusada de ser mandante morte do marido, o pastor Anderon do Carmo.

A decisão dos desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que os parlamentares decidam se mantém o afastamento. O relator do processo na 2ª Câmara Criminal, desembargador Celso Ferreira Filho, determinou que a decisão seja encaminhada à Casa em 24 horas. Além do relator, votaram a favor do afastamento os desembargadores Antônio José Ferreira Carvalho e Kátia Jangutta.

Na última sexta-feira, Flordelis também alegou problemas de saúde ao não comparecer à votação sobre a manutenção da prisão do deputado federal Daniel Silveira. Na ocasião, a assessoria de imprensa da parlamentar informou, por nota, que Flordelis teve um mal súbito.

“Por força de todo nervosismo com minha situação jurídica e política atual e do estresse que o momento me ocasiona, fui tomada por um mal súbito (ainda sequelas de um AVC), que me obrigou a buscar ajuda médica no dia de hoje. Assim, não me foi possível participar da votação sobre o deputado Daniel Silveira”, informou a assessoria de Flordelis.

Ainda em nota, a deputada afirmou que se declara “firmemente na trincheira daqueles que defendem e respeitam o Estado Democrático de Direito e todas as suas Instituições legitimamente consolidadas” pela Constituição Federal brasileira: “Me coloco integralmente em respeito a todos os procedimentos que levem a realização de Democracia e Justiça, para nossa Nação. Tenho fé nesta Justiça, no povo e principalmente em Deus! Confio que a Casa será fiel a esses princípios e saberá construir a melhor política para o país”.

‘Situação que causaram perplexidade’, diz desembargador

Durante a sessão dessa terça-feira, na qual foi votado o afastamento de Flordelis do cargo, o desembargador Celso Filho afirmou há situações concretas que demonstram atos de Flordelis para atrapalhar a “busca pela verdade” no processo.

– (Nesse processo) Há situações que me causaram perplexidade. São 50 anos que convivo nessa casa de conflitos e há muito tempo não vejo uma situação tão complexa, estranha e que causa tanta surpresa. Lidamos com homicídio, improbidade administrativa, vários desvios, mas nesse processo há uma gama de circunstâncias estranhas, sobre as quais não vou tecer comentários – afirmou Celso Ferreira Filho ao iniciar seu voto.

A procuradora de Justiça Maria Christina Pasquinelli Bacha de Almeida deu parecer a favor do afastamento de Flordelis. Durante sua sustentação oral na sessão desta terça-feira, a procuradora afirmou que Flordelis usa o cargo para intimidar e para “cooptar benesses para sua pessoa e seu clã criminoso”. O advogado Ângelo Máximo, que representa a família do pastor, também defendeu o afastamento, sob alegação de que Flordelis atrapalhou as investigações do caso, além de fazer menção aos nomes de testemunhas em redes sociais.

– Fica claro o uso do cargo, o uso da maquina, da função pública para se esquivar da responsabilidade de ser mandante do crime – afirmou Ângelo Máximo durante sua sustentação oral.

O pedido de afastamento foi feito pelo promotor Carlos Gustavo Coelho de Andrade, que recorreu ao Tribunal de Justiça após a juiza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, ter negado seu pedido para afastar Flordelis de suas funções. A solicitação foi feita pelo promotor no processo criminal respondido pela deputada. Na ação, já foram ouvidas todas as testemunhas de defesa e acusação, além dos réus. O processo está em fase de alegações finais, na qual Ministério Público, assistente de acusação e defesa dos réus fazem suas considerações finais.

Após a manifestação de todos em alegações finais, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce vai decidir se Flordelis e os outros acusados vão a júri popular.

Extra

Bayern de Munique goleia a Lazio e fica com um pé nas quartas da Champions

  • Se alguém colocou em dúvida o favoritismo do Bayern de Munique para o confronto contra a Lazio após a derrota para o Eintracht Frankfurt, o Gigante da Baviera mandou o seu recado: goleada por 4 a 1. A vitória desta terça-feira, no Estádio Olímpico de Roma, deixa o time alemão com a classificação bem encaminhada para as quartas de final da Liga dos Campeões.

    Bayern de Munique goleia a Lazio pelas oitavas de final da Liga dos Campeões

    Bayern de Munique goleia a Lazio pelas oitavas de final da Liga dos Campeões (Foto: Getty Images)

    Lewandowski, aos nove minutos de jogo, Musiala, aos 24, e Sané, aos 42, praticamente selaram o triunfo no primeiro tempo. Logo no início da etapa final ainda houve o gol contra de Acerbi. Joaquín Correa diminuiu para a equipe italiana pouco depois. A partida de volta está marcada para o dia 17 de março, uma quarta-feira, em Munique. Confira a tabela da Champions League. 

    Lewandowski no pódio

    Com o gol marcado contra a Lazio, o centroavante Robert Lewandowski se tornou o terceiro maior artilheiro da história da Champions League. Ele ultrapassou o espanhol Raúl, ex-Real Madrid, e chegou a 72 gols no torneio, ficando atrás apenas de Cristiano Ronaldo (134) e Lionel Messi (119).

    Robert Lewandowski se torna o terceiro maior goleador da Champions League

    Robert Lewandowski se torna o terceiro maior goleador da Champions League (Foto: Reuters)

    Joia do Bayern

    O meia-atacante Jamal Musiala, de 17 anos (e 363 dias) de idade é o jogador mais jovem a marcar por um clube alemão na história da Champions League. Ele também é o primeiro atleta com nacionalidade inglesa (nasceu na Alemanha, mas é naturalizado) menor de idade a anotar um gol no torneio.

    Jovem Musiala, de 17 anos, foi um dos destaques do Bayern de Munique contra a Lazio

    Jovem Musiala, de 17 anos, foi um dos destaques do Bayern de Munique contra a Lazio (Foto: Reuters)

    Quem segura o Bayern?

    O Bayern de Munique está invicto há 18 jogos na Liga dos Campeões, incluindo as partidas desta temporada e da anterior, em que foi campeão com 100% de aproveitamento. Desses 18 jogos, venceu 17. Além disso, marcou 65 gols. Há quase dois anos que o Gigante da Baviera não perde no torneio.

    Bayern de Munique goleia a Lazio pelas oitavas de final da Champions League

    Bayern de Munique goleia a Lazio pelas oitavas de final da Champions League (Foto: Getty Images)

Mergulhador tcheco quebra recorde mundial de nado sob o gelo

O mergulhador livre tcheco David Vencl quebrou o recorde mundial de nado sob o gelo após se deslocar por 81 metros submerso em um lago congelado, nesta terça-feira (23), usando apenas uma sunga dentro da água gelada.

“Isso vai servir”, disse Vencl após emergir de seu minuto e meio de natação, na água medida em temperaturas de 3 graus Celsius, e levantar o punho em comemoração.

David Vencl comemora a quebra do recorde de nado no gelo. — Foto: Reuters.

David Vencl comemora a quebra do recorde de nado no gelo. — Foto: Reuters.

O homem de 38 anos realizou o mergulho através de um buraco cortado no gelo, de 30 cm de espessura, em um lago congelado na Áustria, localizado em uma antiga pedreira em Lahost, 100 quilômetros a noroeste de Praga, capital da República Tcheca.

David Vencl comemora depois de bater novo recorde de nado no gelo, após percorrer 81 metros de distância submergido. — Foto: Reuters.

David Vencl comemora depois de bater novo recorde de nado no gelo, após percorrer 81 metros de distância submergido. — Foto: Reuters.

Por G1

Última estátua de Franco é removida em ‘dia histórico’ para Espanha

A última estátua do ex-ditador espanhol Francisco Franco foi removida nesta terça-feira (23) dos portões da cidade de Melilla, um enclave espanhol e cidade autônoma no noroeste da costa africana.

Sem muita cerimônia, um grupo de trabalhadores operou uma escavadora mecânica e broca pesada para destruir a plataforma de tijolos na qual a estátua ficava, levantou a peça com uma corrente ao redor do pescoço e a levaram embora embalada em plástico na caçamba de uma caminhonete.

A estátua, erguida três anos após a morte de Franco em 1978, celebrava seu papel como comandante da Legião Espanhola na Guerra do Rife, um conflito travado nos anos 1920 por Espanha e França contra as tribos Berberes da região montanhosa do Rife, no Marrocos.

“Este é um dia histórico para Melilla”, disse na segunda-feira Elena Fernández Trevino, encarregada de Educação e Cultura no enclave após a assembleia local votar pela retirada do monumento, apontando que aquela era “a única estátua dedicada a um ditador ainda na esfera pública na Europa”.

Apenas o partido de extrema-direita Vox votou contra a medida, argumentando que a estátua celebrava o papel militar de Franco, e não sua ditadura, e desta maneira a Lei de Memória Histórica, um estatuto de 2007 que pede a retirada de todos os símbolos ligados ao regime de Franco, não deveria ser aplicada.

CNJ decide aposentar desembargadora por ter beneficiado filho preso em MS

Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (23) aposentar compulsoriamente a desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJ-MS).

A aposentaria compulsória é a pena máxima prevista para a magistratura. Com a decisão do CNJ, Tânia Borges terá direito a receber a aposentadoria com proventos proporcionais. Ela estava afastada desde 2018.

Após a decisão, o advogado da desembargadora, André Borges, enviou a seguinte nota: “A defesa está surpresa e bastante contrariada com a decisão, que será combatida perante o Judiciário, considerados o exagero e inadequação da condenação.”

Por 8 votos a 5, o conselho entendeu que a desembargadora usou a condição de magistrada para beneficiar o filho, preso acusado de tráfico de drogas.

Câmeras de segurança registraram a desembargadora chegando em um carro junto com um delegado da Polícia Civil e um advogado para cumprir a ordem de transferência do filho para uma clínica psiquiátrica.

Breno Borges foi preso em março de 2017, transportando 130 quilos de maconha e 200 munições de fuzil. Breno tinha outro mandado de prisão por suspeita de ter colaborado na fuga de um chefe de tráfico.

A decisão do CNJ

A maioria dos integrantes do CNJ seguiu o voto do conselheiro Luiz Fernando Keppen, para quem Tânia Borges violou a Lei Orgânica da Magistratura e desrespeitou deveres de integridade pessoal e profissional.

“Entendo que a separação entre a vida privada e pública é pré-condição para o exercício da magistratura, e não me parece que a requerida [Tânia] ostente tal condição de modo a continuar exercendo esse importante múnus público. Seu retorno à jurisdição pode gerar um enorme descrédito à instituição do Poder Judiciário, o que não me parece desejável”, acrescentou.

O presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, também votou pela punição.

Voto da relatora

A relatora do caso, Maria Tereza Uille Gomes, teve o voto vencido. Ela havia votado a favor de derrubar parte das acusações contra a desembargadora e acolher como irregularidade o fato de Tânia Borges ter ido pessoalmente cumprir a ordem de liberação do filho preso.

A relatora chegou a favor a favor da pena de censura por infração disciplinar.

“A punição disciplinar, não obstante, deve considerar o grau de reprovabilidade da conduta, a carga coativa da pena e a eficácia da medida punitiva. Há que se sopesar, ainda, os resultados e prejuízos das faltas cometidas para que a penalidade imposta não seja desproporcional aos danos decorrentes dos atos praticados”, votou Maria Tereza Uille Gomes.

Palmeiras repudia ataques racistas contra campanha de lançamento da nova camisa

Palmeiras publicou na noite desta terça-feira uma mensagem em uma rede social repudiando o que classificou como ataques racistas contra o vídeo da campanha de lançamento dos novos uniformes do time.

Durante o dia, torcedores identificaram e denunciaram mensagens ofensivas publicadas na internet após a divulgação do material feito em parceria com a Puma.

As novas camisas do Verdão foram apresentadas nesta terça-feira. A campanha de lançamento tem o tema “Onde Quer Que Seja Verde”.

Confira a íntegra da mensagem publicada pelo Palmeiras:

“Repudiamos os ataques racistas relacionados ao vídeo de lançamento da nova camisa. Atuamos firmemente no sentido de coibir quaisquer manifestações discriminatórias em nossas dependências, bem como, difundimos tais valores perante os torcedores e sociedade em geral. “O Palmeiras é de Todos” é nosso posicionamento institucional. O clube tem 16 milhões de torcedores e não faz qualquer distinção de raça, religião, gênero ou classe social.”

Campanha de lançamento da nova camisa do Palmeiras — Foto: Divulgação

Campanha de lançamento da nova camisa do Palmeiras — Foto: Divulgação

Último herói do Flamengo no Morumbi, Renato relembra 2011 e vê Gabigol na cola por seus recordes

Faz tempo, quase dez anos, mas o roteiro da última vitória do Flamengo sobre o São Paulo no Morumbi foi daqueles para cineasta nenhum botar defeito. E para o torcedor testar o coração!

Precisando encerrar o jejum que vem desde 2011 para conquistar o Brasileirão, quinta-feira, os cariocas relembram o passado em um duelo com Rogério Ceni como protagonista, festa preparada com volta de Luís Fabiano e gol de Renato Abreu no finzinho para dar os três pontos ao rubro-negro.

Renato Abreu comemora gol no São Paulo em 2011 — Foto: Reprodução TV Globo

Renato Abreu comemora gol no São Paulo em 2011 — Foto: Reprodução TV Globo

Herói na ocasião com um chute de muito longe desviado por Carlinhos Paraíba, aos 39 do segundo tempo, Renato bateu um papo com o ge e se surpreendeu com o longo período sem vitórias do Flamengo no estádio Cícero Pompeu de Toledo. Desde aquele domingo chuvoso de 2 de outubro de 2011, foram três derrotas e quatro empates com o São Paulo em seus domínios (além de dois empates contra Santos e Figueirense no mesmo local).

“É uma surpresa para mim. Dez anos sem vencer o São Paulo no Morumbi é uma grande surpresa. O Flamengo sempre montou grandes times, grandes elencos, para ganhar de times grandes independentemente de onde jogar. É marcante para mim relembrar”

– Foi um jogo difícil, tivemos a sorte do time deles ter um jogador expulso e começamos a tomar conta. O Rogério Ceni foi fantástico, brilhante em algumas defesas. Cabeceio do Deivid, do Thiago Neves…

Vivendo nos Estados Unidos com a família, Renato Abreu mostrou que está bem de memória. Aos 42 anos, o Urubu-Rei, como era conhecido na época de Flamengo, lembrou das expulsões de Lucas e Willians, do desvio de Carlinhos Paraíba no lance do seu gol, e até mesmo da irritação com o time, que o fez não comemorar muito, apesar do abraço caloroso de Ronaldinho Gaúcho.

Renato Abreu no jogo contra o São Paulo em 2011. Jogo marcou volta de Luís Fabiano — Foto: Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

Renato Abreu no jogo contra o São Paulo em 2011. Jogo marcou volta de Luís Fabiano — Foto: Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

– Saímos na frente, o Dagoberto acertou um chute espetacular. No final do jogo, veio aquela bomba santa que não foi tão grande, mas foi atrapalhada pelo Carlinhos e entrou no fundo da rede. O detalhe é tivemos uma discussão muito grande naquele jogo, em termos táticos nosso time não estava conseguindo produzir o que o Vanderlei pedia, fiquei muito chateado. Tanto que na comemoração acabei saindo bravo, nem saí na comemoração normal como urubu-rei, mas feliz pelo resultado.

Ironicamente, o reencontro com o São Paulo faz com que Renato Abreu torça ainda para que Gabigol ultrapasse duas de suas principais marcas com camisa do Flamengo. Caso balance as redes no Morumbi, o camisa 9 igualará o ex-meia em terceiro lugar na artilharia histórica do clube no Brasileirão (40 x 39), além de estar a três gols do posto de artilheiro do Século (73 x 70).

Renato Abreu x Gabigol no Flamengo

  • Artilharia do Século: 73 x 70
  • Gols no Brasileirão: 40 x 39

– Não é uma surpresa se ele bater, né?! É a função maior do artilheiro, do jogador de frente, que é bater metas e fazer os gols. Ele faz muitos gols, os jogadores que jogam atrás proporcionam isso, e fico feliz. Tive a oportunidade de jogar com ele no Santos, conheci muito bem, tínhamos uma brincadeira sadia… Claro que a minha marca representa muito para mim. Foram momentos difíceis que passamos e, graças a Deus, fiz algumas coisas boas no clube. Essa foi uma.

“Ficaria mais chateado se fosse um volante passando essa marca, mas como é jogador de frente, fico tranquilo. Desejo sorte ao Gabriel para que ele passe e fique na história. Porque o Flamengo não pode ter um jogador de meio-campo como goleador, e, sim, um atacante”

Em longo bate-papo com o ge, Renato Abreu falou ainda do jejum do Flamengo em gols de faltas, sua especialidade, do reencontro de Rogério Ceni com o Morumbi e da expectativa de título do clube onde disputou 271 jogos e foi campeão quatro vezes: duas Copas do Brasil (2006 e 2013) e dois Cariocas (2007 e 2011). Confira:

Ceni x São Paulo

– É uma coincidência muito grande. Não sei se é felizmente ou infelizmente, mas tudo que está acontecendo na vida dele tem um propósito. Ele trabalhou a vida inteira no São Paulo, tem uma grande gratidão, conquistou tudo no clube e agora tem a coincidência de disputar um título com outro time onde foi sua casa por muitos anos.

Renato Abreu foi o principal jogador no título da Copa do Brasil de 2006 — Foto: Agência Estado

Renato Abreu foi o principal jogador no título da Copa do Brasil de 2006 — Foto: Agência Estado

Título no Morumbi?

– Acredito que o que se planta, se colhe. O Flamengo vem em um bom momento, o Rogério foi eliminado pelo São Paulo na Copa do Brasil duas vezes… São coincidências. Foi um grande goleiro, fez muitos gols pelo São Paulo, e vai ser um jogo difícil. O São Paulo não tem muito mais o que brigar, mas aí entra a rivalidade. Tive a oportunidade de fazer o gol na última vitória. Tive alguns confrontos pessoais contra o Rogério pelo Corinthians, fui feliz em alguns, e com certeza vai ser um grande duelo para entrar para história.

Dois anos e meio sem gol de falta no Flamengo

– Quem sabe acaba o tabu, né?! São dois anos e meio sem fazer gol de falta. Acho que é muito para um time que tem a bola parada com grandes batedores. Costumo dizer que hoje o Flamengo não precisa de bola parada para fazer gol, tem muitas estratégias e isso fica em segundo plano. Mas o torcedor sempre pede, sempre relembra um gol de falta. Para mim, eram momentos brilhantes pela minha dedicação nos treinamentos. Mas os tabus estão aí para serem quebrados.

Torcida direto dos EUA

– A torcida é sempre grande pelos clubes que passei. Meu carinho, minha atenção, minha gratidão… Estou nos EUA pela busca de uma qualidade de vida um pouco melhor, mas meu pensamento no clube, nas pessoas, no dia a dia, e sempre torcendo pelo melhor. O Flamengo hoje, graças a Deus, consegue se pagar, tem grandes jogadores, tem uma estrutura de excelência, merece tudo que está vivendo. O torcedor passou muitos anos triste, cabisbaixo, é um torcedor apaixonado, que merecia coisa melhor e conseguiu. É um clube que dá gosto de torcer, de comprar a camisa. É uma potência enorme e estou aqui sempre na lembrança e torcendo.

Por Cahê Mota — Rio de Janeiro

Muricy fala sobre reforços, destaca lateral da base e diz que Crespo conta com Daniel Alves

Muricy Ramalho, coordenador de futebol do São Paulo, afirmou que a situação financeira do Tricolor é complicada e o clube terá que ser criativo para fazer contratações para a temporada que se inicia no próximo domingo, com a estreia no Campeonato Paulista, contra o Botafogo-SP, no Morumbi.

– A gente precisa (de contratações) nas três áreas: um atrás, meio campo, atacante e um 10 que pensa o jogo. Não é difícil, mas o que acontece é que a nossa parte econômica está complicada. Encontramos um negócio difícil, mas a gente está trabalhando demais – afirmou Muricy, em entrevista à TV Gazeta, nesta terça-feira.

– A gente vai ter que ser muito criativo, mas, ao mesmo tempo, como tenho falado para a diretoria, a gente não veio para ser mais um. Eu vim para ganhar. O São Paulo está em uma situação difícil, mas a gente vai ter que investir em alguma coisa, ser criativos – acrescentou.

Desde que a nova diretoria assumiu o São Paulo, no início de janeiro, apenas o atacante Bruno Rodrigues foi contratado. O jogador que defendia a Ponte Preta chegou ao clube por empréstimo com opção de compra no fim do ano.

Outro jogador que interessa ao Tricolor é o volante Gabriel Neves, do Nacional, do Uruguai. Assim como Bruno Rodrigues, Gabriel é jovem e tem um valor de mercado dentro do orçamento do clube, que registra uma dívida de quase R$ 600 milhões.

Enquanto não acerta com reforços, a aposta é nas categorias de base. E um garoto que pode começar a despontar é o lateral-esquerdo Welington. Após subir com Fernando Diniz para os profissionais, o garoto pode ter a chance de ser titular pela primeira vez na próxima quinta-feira, diante do Flamengo. Reinaldo e Léo cumprem suspensão.

– Na lateral nós temos um moleque que vai surpreender, que é o Welington, da base. Nós estamos preparando ele e acho que chegou a vez dele agora. Tem até chance de jogar, não estou me antecipando, mas agora tem chance, porque o Reinaldo e o Léo estão suspensos. Estou dando palpite de torcedor. Uma coisa que é possível e é um garoto que estamos levando muita fé nele, já está sendo feito há um tempo – disse Muricy.

Welington em treino do São Paulo — Foto: Divulgação São Paulo

Welington em treino do São Paulo — Foto: Divulgação São Paulo

O responsável por tentar recuperar o São Paulo dentro de campo será Hernán Crespo. O argentino foi contratado no início do mês e fará sua estreia no próximo domingo.

Muricy Ramalho foi um dos responsáveis pela contratação do treinador e tem aprovado a convivência inicial que tem com o argentino.

– Eu converso demais com ele. O importante é que ele me dá abertura. Como já fui treinador, eu tenho que chegar com calma com os treinadores, porque não é minha função mais. Minha função é ajudar o treinador, dar apoio para ele, mas não é mais minha função. Mas ele dá muita oportunidade para falar de futebol com ele. Ele pede para mim em termos de tática, de jogador, termos de futebol brasileiro. Essa que está sendo a boa. Eu converso com ele todos os dias – contou.

– O mais legal dele, que ele mostrou na vídeoconferência, é que ele está com fome. Um cara que está no começo da carreira, quer ganhar, está com muita vontade. E outra: é um cara muito preparado. Trabalhou na Europa… – completou.

Crespo conversa com Daniel Alves e Juanfran no São Paulo — Foto: Reprodução/Twitter

Crespo conversa com Daniel Alves e Juanfran no São Paulo — Foto: Reprodução/Twitter

Uma das missões de Crespo será resgatar o futebol de Daniel Alves, duramente criticado na temporada. Segundo Muricy, o treinador conta com o camisa 10 e o clube espera fazer um acerto financeiro com o jogador, que tem um dos maiores salários do elenco.

– O Daniel é importante demais para a gente. Claro que tudo tem o acerto financeiro que tem que ter com ele, porque a dificuldade é enorme, mas ele é nosso líder, nosso capitão. O Crespo conta com ele, gosta dele. O importante é o técnico, não eu. Ele com certeza vai ajeitar. Tudo depende das conversas – disse o coordenador.

Crespo e Muricy Ramalho devem acompanhar do Morumbi o confronto do São Paulo diante do Flamengo, na próxima quinta-feira, às 21h30. A partida vale a classificação para a fase de grupos da Libertadores para o Tricolor.

Por Redação do ge — São Paulo

Após crise provocada por intervenção na Petrobras, Bolsonaro entrega ao Congresso MP para privatizar Eletrobras

BRASÍLIA — Após a crise provocada na Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro entregou ao Congresso Nacional, na noite desta terça-feira, uma medida provisória (MP) para acelerar a privatização da Eletrobras.

Como antecipou o GLOBO, a proposta foi editada como forma de sinalizar compromisso com a agenda de privatizações defendida pelo ministro Paulo Guedes no momento em que a pauta liberal é questionada por causa da intervenção de Bolsonaro na Petrobras — que determinou a troca de comando na estatal na semana passada.

A medida é uma forma de acelerar a apreciação da privatização pelo Congresso, cujo aval é necessário para a venda de estatais, mas principalmente serve para Bolsonaro sinalizar que mantém compromisso com a visão liberal de Guedes para a economia. O ministro é visto como o principal derrotado pela intervenção na Petrobras.

O projeto de lei para a venda da Eletrobras enviado pelo governo ao Legislativo em 2019 não avançou. A medida provisória, que passa a valer até a apreciação do Congresso, autoriza o governo a desenhar o modelo de privatização da Eletrobras. A venda do controle da empresa só pode ser concretizada se a MP for convertida em lei.

O Globo

Karol Conká é a quarta eliminada do BBB21, com 99,17% dos votos, recorde de rejeição

Quem saiu do BBB21 nesta terça, 23/2, foi Karol Conká. A participante disputou o Paredão ao lado de Arthur Gilberto e saiu da casa, com 99,17% dos votos, recorde de rejeição do programa.

Os brothers permanecem no jogo. O instrutor de crossfit recebeu 0,54% dos votos, e Gilberto, 0,29%.

“O que acontece aqui fica aqui. O que acontece lá fora é um outro rolê”, disse a sister após a Eliminação.

Karol recebeu o carinho dos outros participantes. Pocah e Projota se emocionaram muito. “Vou ficar com saudades”, disse a cantora para o amigo cantor.

BBB21: Karol Conká se despede de Projota — Foto: Globo

BBB21: Karol Conká se despede de Projota — Foto: Globo

BBB21: Pocah chora muito — Foto: Globo

BBB21: Pocah chora muito — Foto: Globo

“Jorge, mamãe está chegando”, disse Karol ao mandar um recado para o filho.

Os confinados cantaram a música mais famosa da cantora, “Tombei”, antes de ela sair pela porta da casa mais vigiada.

BBB21: Karol Conká é a quarta eliminada do jogo — Foto: Globo

BBB21: Karol Conká é a quarta eliminada do jogo — Foto: Globo

BBB