Campo Grande, 24 de setembro de 2021

Lava Jato investiga aquisição de R$ 65 milhões em obras de arte pelo ex-senador Luiz Estevão

A força-tarefa da Operação Lava Jato investiga a compra de pelo menos 19 obras de arte pelo ex-senador Luiz Estevão, avaliadas em R$ 65,2 milhões, e sem a emissão de notas fiscais. Segundo as apurações, o nome do empresário aparece em documentos de uma galeria que teria sido utilizada pelo filho do ex-ministro Edison Lobão, Márcio Lobão, para lavar dinheiro de propina (entenda abaixo).

A força-tarefa em Curitiba pediu à Justiça o compartilhamento dos documentos com os procuradores da Lava Jato em São Paulo, para que possam investigar as suspeitas. Segundo o pedido apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF), o nome do ex-senador aparece em uma tabela de vendas apreendida na Almeida e Dale Galeria de Arte, em São Paulo.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 10 =