Campo Grande, 27 de setembro de 2021

Investidores são atraídos após prefeitura criar ‘mosaico do agronegócio’ e fazer raio-x de 605 fazendas em MS

O segundo município mais novo de Mato Grosso do Sul, com apenas 16 anos de emancipação e 3 mil habitantes, Figueirão, a 246 km de Campo Grande, desponta no cenário nacional quando o assunto é pecuária de corte. Agora quer se destacar também como uma referência no uso de tecnologias no campo. Para isso, criou um sistema de zoneamento agro econômico, que disponibiliza dados das 605 propriedades rurais localizadas em seu território.

Com esse “mosaico informatizado” foi possível a prefeitura traçar o perfil do agronegócio do município e suas potencialidades. Os dados revelaram, por exemplo, que 70% das propriedades rurais do município são voltadas para a criação de gado de corte. Um conjunto de fatores tem estimulado a atividade, como bom preço das áreas em relação a outras cidades do estado e do país, solos adequados ao desenvolvimento de pastagens e investimentos dos criadores no melhoramento genético dos rebanhos.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 7 =