Campo Grande, 26 de setembro de 2021

Ex-secretário municipal de Saúde em MS é preso em operação da PF que apura desvio de R$ 2 milhões

O ex-secretário municipal de Saúde em Dourados, Renato Vidigal, foi preso na manhã desta quarta-feira (6), em operação da Polícia Federal (PF) que apura o desvio de R$ 2 milhões. Ele, que atualmente é coordenador do Samu no município, seria dono de uma prestadora de serviço que teria sido contratada após direcionamento.

O advogado de Renato, João Arnar, disse à TV Morena que primeiramente irá ouvir o cliente dele e só depois irá se posicionar sobre a prisão.

Para apurar a suposta fraude, a Justiça Federal expediu dois mandados de prisão e oito de busca e apreensão. Um deles na Secretária Municipal de Saúde de Dourados e outroem Presidente Prudente (SP).

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 1 =