Campo Grande, 27 de setembro de 2021

PROJETOS DE ROBÓTICA DA REME CONTRIBUEM COM VITÓRIA DE ESCOLAS EM CAMPEONATO

As escolas municipais “Padre Heitor Castoldi”, “Governador Harry Amorim Costa”, “Professor Múcio Teixeira Junior” e “Arlindo Lima”, forma as vencedoras nas principais categorias do 2º Aquacup – campeonato que consiste em uma corrida de protótipos de barcos que devem alcançar a linha de chegada no menor tempo.

B_competição_023A competição aconteceu no sábado, no Círculo Militar e contou com a participação de 39 escolas das redes pública e privada. Conquistaram premiações, 12 unidades municipais e pelo menos 20 alunos da Rede Municipal de Ensino (Reme), Ao todo participaram 110 alunos do 1º ao 9º ano.

O professor Roberto Luiz Dambros, da Divisão de Tecnologia da Reme explicou que as duas modalidades do campeonato (apenas ida e ida e volta) tinham como objetivo pedagógico trabalhar engenhosidade, criatividade, habilidades de montagem e compreensão de problemas práticos pelos participantes.

Para ele, o bom resultado conquistado pelas escolas da Reme é em decorrência do projeto de robótica de baixo custo, desenvolvido pela Superintendência de Políticas Educacionais pro meio da Ditec e que atende dez escolas. Também participam de projetos de robótica os alunos que frequentam a Sala de Altas Habilidades que funciona na escola “Padre Heitor Castoldi”.

“Essas conquistas são um incentivo aos nossos alunos e ao desenvolvimento dos projetos de robótica Reme. No próximo ano teremos mais novidades e a ideia é que mais alunos participem”, disse.

C_premiacao_004 - CopiaTempo recorde

Com apenas três semanas de participação nas aulas de robótica, os alunos Gabriel Marim de Oliveira e Mizaelly da Silva Canhete, ambos do 9º ano da escola “Governador Harry Amorim Costa” venceram em duas categorias e ressaltam que estão animados com os próximos campeonatos.

Os dois começaram a participar das aulas por incentivo dos colegas. “O difícil foi montar e elaborar a parte da fiação, mas eu gosto da área de tecnologia e pretendo seguir carreira”, disse Mizaelly. Também fez parte da equipe vencedora a aluna Aline Roberta dos Santos Teixeira.

Quem também construiu o protótipo em tempo recorde foi a equipe formada pelos amigos Bruno Celestino Guimarães, Otavio Augusto Loubet Gomes e Marcos Gabriel Loubet Jara, que desenvolveram o protótipo em apenas dois dias.
“Faz pouco tempo que faço as aulas, mas eu gosto de mexer em equipamentos eletrônicos, tenho curiosidade. Acredito que ajuda muto na matemática, a desenvolver o raciocínio lógico”, pontuou.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 1 =