Campo Grande, 21 de setembro de 2021

Carille diz não se arrepender de fortes declarações no Corinthians e reafirma: “Muitos jogadores ali sentiram demais”

Ex-técnico do Corinthians, Fábio Carille recebeu a reportagem do GloboEsporte.com em seu apartamento, em São Paulo, para falar sobre a temporada à frente do Timão.

Entre polêmicas, decepções e aprendizados, o treinador disse não se arrepender por ter subido o tom nas últimas entrevistas como técnico do time.

– Não me arrependo (das entrevistas). Eu sei muito bem o que falei. Principalmente, dois dias depois do jogo contra o CSA. Eu sei bem o que eu falei e falo com 90% dos jogadores. Quando fez todo esse barulho, eu fiz questão de assistir várias vezes, eu falo de vergonha e parece que é um time que não é treinado. Eu estou falando do meu trabalho. Que parece que não estou dando treinos. Vários jogadores falaram que a imprensa é fogo, a gente assistiu, a gente viu. Depois, outras pessoas que ficaram chateadas depois viram de outra forma, também. Eu sei bem o que eu falei. Foi um aprendizado. Esse momento que eu passei é um momento que você não quer passar nunca, mas que vai passar. Foi o meu primeiro. Isso te caleja para outras situações – ponderou Carille.

No primeiro jogo sem o treinador, o volante Júnior Urso foi um dos jogadores que admitiu a chateação do elenco alvinegro com as declarações do técnico. Antes, o meia Mateus Vital havia se irritadocom o técnico por dizer que os garotos do time “sentiram o jogo” em derrota para o Independiente del Valle, na Copa Sul-Americana.

– Depois vi outra entrevista do Urso dizendo que tinha muito respeito por mim. Que era um ponto final. Eu não tenho nada contra ninguém. Meu coração não tem espaço para ter rancor com ninguém. Eu quero correr atrás do meu sucesso, atrás daquilo que me faz bem. Sem mágoas. Sobre Vital, saindo da minha sala e indo para o treino, o Vital passa e fala que deu uma resposta em cima de algo que falaram para ele e depois viu que minha entrevista não tinha sido bem assim. Eu disse que sabia como as coisas funcionam. Já fomos para o campo. Foi uma conversa muito rápido, e o Vital é um menino muito inteligente. Pela ideia e por tudo. Ele é diferente. Foi algo rápido.

“Muitos jogadores sentiram demais”

Carille também fez uma análise do rendimento dos jogadores durante a temporada. Na visão do ex-treinador do Corinthians, muitos sentiram o peso da camisa.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + quinze =