Campo Grande, 23 de setembro de 2021

Dia da Consciência Negra é celebrado com homenagens na Câmara Municipal

Na noite desta quarta-feira, 20 de novembro, em que é celebrado o Dia da Consciência Negra, vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande promoveram Sessão Solene de outorga da Medalha Legislativa “Zumbi dos Palmares”. A solenidade foi proposta pela vereadora Enfermeira Cida Amaral.

A comenda foi concedida a pessoas físicas e/ou jurídicas que se destacaram no combate a quaisquer discriminação ou preconceito, bem como na defesa dos princípios fundamentais do cidadão e na defesa da vida. A homenagem foi criada por meio do Decreto Legislativo 690/01.

A vereadora Enfermeira Cida Amaral, proponente da solenidade, destacou a honra da homenagem promovida pela Casa de Leis, enfatizou a importância da inclusão, da igualdade e da educação como ferramenta de transformação. “Que nossa Constituição seja respeitada. Precisamos das cotas, mas não abro mão dos nossos direitos iguais”, afirmou.

Em nome dos homenageados, Hildaran José Farias de Assis Junior, relembrou a história de luta de Zumbi dos Palmares e questionou “Quanto tempo ainda precisa para que pretos, pardos, mulheres e pessoas com deficiência tenham as mesmas oportunidades?”. Destacou, neste contexto, a importância da igualdade: “somos todos irmãos e irmãs. A diversidade precisa ser respeitada, independente de sexo, raça, cor ou religião. Parabenizo aqueles que não ficam presos em um mundo de preconceito, preferem erguer a cabeça e continuar lutando. Todo dia é dia do ser humano, independe de sua cor, raça ou classe social. Racismo é ridículo e mais ridículo ainda ter de conviver com pessoas racistas em pleno século 21”, afirmou.

O Mestre Shallom, fundador do Grupo Capoeira Raízes da África, também se referiu às lutas de Zumbi dos Palmares, morto em 20 de novembro de 1695, por não tolerar ver seu povo sofrendo. A data, para ele, pode ser definida como a consciência negra ou da consciência humana. “Acharam que iam calar aquela voz. A prova é que hoje estamos lutando cada vez mais contra a discriminação. Me sinto honrado e orgulhoso por estar aqui hoje na Câmara”.

Vania Lucia Baptista Duarte, coordenadora do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Étnico Racial de Mato Grosso do Sul, lembrou que “temos que celebrar, mas não esquecer que continuamos num processo de luta e resistência”. Ela elencou algumas destas lutas que continuam, “pós-abolição, que aconteceu de forma inconclusa por não colocar o negro na sociedade com justiça social”. A inclusão, as cotas nas universidades, as regularizações e aplicabilidade das leis das terras quilombolas foram algumas questões citadas.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) recordou a conversa com um amigo negro sobre situações de preconceito e desigualdade para cobrar as mudanças que precisam ocorrer na sociedade. “Continuamos escravos de um sistema corrupto. Era isso que Zumbi dos Palmares queria? Ele queria uma lei com 20% de vagas para os negros? Ele queria igualdade! Que o filho do negro frequentasse a mesma escola do filho dos brancos. Quero prestar meu elogio a quem luta por essa causa”, disse.

Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na última semana, mostrou que pela primeira vez o índice de alunos pardos e negros matriculados nas universidades públicas brasileiras superou a taxa de alunos brancos, alcançando 50,3%. A secretária estadual da Cidadania, Luciana Azambuja, apresentou o dado durante seu discurso, mas contrapôs a conquista com outras dificuldades que ainda precisam ser superadas. Por outro lado, os dados mostram que a morte de negros, vítimas de homicídios, aumentou de forma absurda nos últimos anos. “A população negra é a que mais sofre preconceito e violência. É um dia de reafirmar luta e a resistência do povo negro. As mulheres são vítimas de discriminações pela cor da pele e pelo gênero”, afirmou.

A abertura da solenidade contou com apresentação do Grupo Berimba Capoeira. Houve ainda apresentação da banda da Guarda Municipal.

Confira a lista dos homenageados:

AYRTON ARAÚJO DO PT – ELIS REGINA DA SILVA GONÇALVES e LUIZ FERREIRA DOS SANTOS

BETINHO – CLEONICE SOARES RODRIGUES DA CRUZ e MARCIO DOS REIS

CARLÃO – JOSELIO ALVES RAYMUNDO e KEILA PATRICIA OLIVEIRA MARTINS

CHIQUINHO TELLES – EURÍDIO BEN-HUR FERREIRA e ELIZANGELA RODRIGUES DA SILVA

DELEGADO WELLINGTON – ROGÉRIO CARVALHO DO CARMO e NILTON BASILIO

DR. LÍVIO – ANGELA BATISTA XAVIER e ULÍSVER SILVA

DR. LOESTER – HELENA APARECIDA ANTONIO e HERCULES DOS SANTOS ANTONIO

EDUARDO ROMERO – ALEXANDRE MAGNO FERREIRA FRAGA e TERESA ANTONIA DA SILVA MARTINES

ENFERMEIRA CIDA AMARAL – JARDEL MANOEL CELESTINO DA SILVA SOUZA e HILDARAN JOSE FARIAS DE ASSIS JUNIOR

FRITZ – JIBROI SCHIMAINSKA e FRANCIVAN LEÃO NOBRE

GILMAR DA CRUZ – TAUAN KAIQUE DE OLIVEIRA JARCEM e JOSÉ JOAQUIM SOARES FILHO

OTÁVIO TRAD – WAGNER PEREIRA DE JESUS

Pr. JEREMIAS FLORES – RODYNEI PEREIRA NOLASCO e LUZIA BENTO DE ARRUDA SILVA

VALDIR GOMES – RAIHANNY DE OLIVEIRA XAVIER e WILLIENY ILARIO DO ROSARIO

WILLIAM MAKSOUD – CACILDA INÁCIO DA SILVA e ELMO DAMIÃO DA SILVA JUNIOR

CÂMARA MUNICIPAL:

SILVANA DE SOUZA RAMOS

THAYLLA RODRIGUES

MARIA ANTÔNIA DA SILVA

DANTE TEODORO BORGES

EDNEIA LUIZ RIBEIRO DE ANUNCIAÇÃO

BERNABÉ SOARES RIBEIRO

FÁBIO HENRIQUE SILVA SARZI

 

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =