— Nós não podemos sinalizar para a sociedade que nós estamos querendo estimular uma batalha campal. Nós temos que estar estimulando que todos estejam se preparando para uma disputa eleitoral em 2020, 2022. Me dá impressão, às vezes, que tanto o ex-presidente Lula quanto parte do governo ficam estimulando que as manifestações venham para as ruas. Não que seja um movimento natural — afirmou.

Indagado sobre a fala do ministro Paulo Guedes, o ministro do STF, Luis Roberto Barroso, disse que o assunto era do “varejo da política”.

— Isso (a declaração de Guedes) pertence ao varejo da política. Não cabe a um ministro do STF opinar.

Barroso falou após audiência pública realizada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).