Campo Grande, 23 de setembro de 2021

Caso Fabrício Queiroz: o que é, cronologia dos fatos, personagens

Fabrício Queiroz é ex-assessor e ex-motorista do deputado estadual e senador Flávio Bolsonaro (PSL). Ele movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica”, segundo relatório do Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro abriu procedimento investigatório criminal para apurar o caso, suspenso pela segunda vez em julho de 2019, por decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Quem pediu a suspensão das investigações foi Flávio Bolsonaro. Em janeiro, o ministro Luiz Fux já havia suspendido temporariamente procedimento investigatório sobre o caso.

O que é

As investigações envolvem um relatório do Coaf, que apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O documento revelou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Queiroz entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, incluindo depósitos e saques.

Quem é quem

  • Fabrício Queiroz: policial militar aposentado, foi assessor e motorista de Flávio Bolsonaro até outubro de 2018, quando foi exonerado.
  • Flávio Bolsonaro: ex-deputado estadual e atual senador pelo PSL-RJ. Um dos cinco filhos do presidente Jair Bolsonaro
  • Nathalia Queiroz: filha de Fabrício Queiroz, a personal trainer também assessorou Flávio Bolsonaro (de 2007 a 2016). Trabalhou também no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro.

Veja abaixo a cronologia do caso Queiroz:

queiroz assessor de flavio bolsonaro — Foto: Reprodução/TV Globo

queiroz assessor de flavio bolsonaro — Foto: Reprodução/TV Globo

Década de 1980: Amizade de Queiroz e Bolsonaro

Fabrício Queiroz e Jair Bolsonaro se tornam amigos nos anos 80. Os dois podem ser vistos juntos em momentos de lazer em algumas imagens publicadas em redes sociais, que mostram Queiroz pescando com Bolsonaro.

A amizade antiga chegou a ser citada pelo atual presidente durante uma coletiva de imprensa em um evento da Marinha. Na ocasião, ele disse que era amigo de Queiroz há muitos anos e que já o auxiliou com empréstimos algumas vezes, porque o ex-assessor do filho estava com problemas financeiros. Segundo Bolsonaro, Fabrício Queiroz devia R$ 40 mil.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =