Campo Grande, 25 de setembro de 2021

Empresário Jamil Name, seu filho e mais 5 viram réus pela morte de estudante com tiros de fuzil em MS

Os empresários Jamil Name e seu filho, Jamil Name Filho, o Jamilzinho, e outros cinco acusados viraram réus por envolvimento no assassinato do estudante de direito Matheus Coutinho Xavier, de 19 anos. O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Juri de Campo Grande, Aluizio Pereira dos Santos, aceitou nesta terça-feira (17) a denúncia contra os sete e definiu que nos dias 2 e 3 de março de 2020 serão ouvidas as testemunhas de acusação do processo.

O advogado de Jamilzinho, Fábio Gregório, diz que a denúncia é uma estratégia dos acusadores. “Fazerem denúncias sucessivas, sem conteúdo significativo, num autêntico lawfare, contra Jaime Name Filho e seu pai. As provas não são robustas e é mais um capítulo de um farsa jurídica e policial que será desmontada com a verdade dos fatos”.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =