Campo Grande, 24 de setembro de 2021

Deputado do DF entra com representação contra Bolsonaro na PGR por LGBTfobia

O deputado distrital Fábio Felix (Psol) protocolou na tarde desta segunda-feira (23), na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, uma representação contra o presidente Jair Bolsonaro por racismo com recorte LGBTfóbico. A representação se baseia em declarações dadas por Bolsonaro, na última sexta-feira (20), quando repórteres o entrevistavam na saída do Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência (vídeo acima).

O Palácio do Planalto disse que “não irá comentar” o assunto. Já a PGR informou que “não há um prazo estipulado para a análise” do documento .

Após a pergunta de um repórter sobre o que o presidente achava que deveria acontecer com o filho [Flávio Bolsonaro], se ele tivesse cometido algum deslize, Bolsonaro respondeu:

“Você tem uma cara de homossexual terrível. Nem por isso eu te acuso de ser homossexual. Se bem que não é crime ser homossexual.”

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. — Foto: Adriano Machado/Reuters

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. — Foto: Adriano Machado/Reuters

Durante a conversa, o presidente, que estava cercado de apoiadores, foi indagado sobre planos de transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém e sobre os desdobramentos da investigação do Ministério Público do Rio sobre o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), um dos filhos dele.

Por meio de nota a PGR disse que trata-se de “um procedimento pré-investigatório, com a finalidade de apenas colher informações preliminares e deliberar sobre uma eventual instauração de procedimento investigatório. Não há um prazo estipulado para a análise. Caso seja identificada a necessidade de investigação, a Notícia de Fato é distribuída livre e aleatoriamente entre os órgãos ministeriais com atribuição para apreciá-la.”

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

G1 MS

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 18 =