Campo Grande, 21 de setembro de 2021

Corinthians teme leilão por Michael, prega calma e usa lista de jogadores para convencer Goiás

A novela envolvendo CorinthiansGoiás pela transferência do atacante Michael já se arrasta há mais de duas semanas e, pelo menos por enquanto, não tem previsão de um desfecho. Ciente da concorrência de outros clubes, como o rival Palmeiras, o Timão teme que o clube esmeraldino realize um leilão, mas nem por isso desiste do negócio.

Embora o Corinthians tente fechar o elenco para 2020 o quanto antes, já que estreia na Copa Libertadores em 5 de fevereiro, o discurso entre os dirigentes alvinegros é de calma. O Timão entende ter feito uma boa proposta por Michael e vê a lista de jogadores oferecidos ao Goiás como um trunfo na negociação.

A oferta corintiana é de 5 milhões de euros (cerca de R$ 22,6 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos do jogador de 23 anos.

Além disso, o clube colocou à disposição do Goiás uma lista de atletas que poderiam ser emprestados sem custos, como André Luiz, Marllon, Renê Júnior, entre outros.

Recentemente, Michael disse a pessoas próximas que desejava defender o Corinthians em 2020. A informação chegou até a diretoria alvinegra, mas nem por isso os cartolas se empolgam. Eles entendem que a questão financeira será decisiva na escolha do atleta e do Goiás.

Nos últimos dias, Eduardo Maluf, empresário do atacante, viajou para o exterior em busca de propostas.

Publicamente, a diretoria do Goiás afirma que o valor oferecido pelo Corinthians está distante do esperado. O clube insiste em pedir o pagamento da multa rescisória de R$ 50 milhões, mas o Corinthians vê isso como estratégia de negociação e acredita que pode conseguir um acordo por menos.

Em férias, Michael tem participado de diversas partidas festivas neste fim de ano. Ele concedeu algumas entrevistas e em todas elas despistou sobre seu futuro.

– Tenho contrato até 2021 e nunca pedi para mudar – declarou o atacante no começo desta semana.

Michael foi eleito revelação do Brasileiro 2019. O atacante fez nove gols no torneio (16 na temporada) e foi o principal jogador do Goiás no ano.

Por André Hernan e Bruno Cassucci — São Paulo

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 5 =