Campo Grande, 25 de setembro de 2021

“Em relação à Sanesul e à MS Gás, não há razões para a privatização”, afirma Kemp

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) utilizou a tribuna nesta manhã (11) para comentar dados divulgados pelo Painel do Tesouro Nacional e possível privatização das empresas MS Gás e Sanesul. “Agora se ouve rumores sobre privatizar a Sanesul e a MS Gás, fui informado pelos funcionários da concessionária de gás natural que há estudos neste sentido, publicados em edital. Com os dados apresentados pelo Painel do Tesouro Nacional, que apontam um lucro de mais de R$ 108 milhões no ano de 2018, eu não vejo motivo para essas empresas deixarem de ser públicas”, destacou.

Kemp também lembrou a importância da Sanesul para o interior do Estado e a crescente demanda pelo uso do gás natural. “A Sanesul está presente em 68 municípios, dos 79 existentes em Mato Grosso do Sul e o uso do gás natural está sendo multiplicado constantemente, havendo então a perspectiva de crescimento e ampliação do fornecimento de gás natural a novos interessados e empresas, aumentando mais ainda o ganho da MS Gás, não há prejuízo em ambas empresas”, ressaltou.

“Vamos na contramão se entregarmos as empresas superavitárias do Estado para a privatização. São serviços públicos e essenciais que devem ser levados à toda população. Não há razões para o governo estadual abrir mão destas duas empresas estratégicas e fundamentais. As empresas públicas podem ser eficientes na mão do Poder Público e ainda oferecer um serviço de qualidade”, completou o deputado Pedro Kemp.

Assembléia Legislativa/ Christiane Mesquita   Foto: Luciana Nassar

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =