Campo Grande, 22 de setembro de 2021

Presidente do Uruguai toma posse no domingo (1º)

O presidente do Uruguai toma posse domingo (1º) e encerra 15 anos de governos de esquerda no país. Eleito pelo Partido Nacional, Luis Lacalle representa uma guinada para um governo de centro-direita.

Da festa de domingo para o local de trabalho é só atravessar a rua. O palácio do governo é parte da paisagem na Praça Independência, o lugar mais conhecido de Montevidéu, onde o novo presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, vai tomar posse. A praça está sendo preparada para receber chefes de Estado e convidados. O presidente Jair Bolsonaro vai à cerimônia.

Lacalle Pou, de 46 anos, é advogado e foi eleito pelo Partido Nacional, de centro-direita. Ele já foi deputado, senador e disputou a Presidência cinco anos atrás, mas perdeu para Tabaré Vasques, da Frente Ampla, a coalizão de esquerda.

Em novembro de 2019, Lacalle Pou foi eleito no segundo turno com 48% dos votos, só 1,5 ponto à frente de Daniel Martínez, que era o candidato do governo.

A eleição interrompeu 15 anos de hegemonia da esquerda no Uruguai. O país saiu dividido ao meio, mas sem grandes traumas. Não sofreu com manifestações violentas e o presidente eleito até se comprometeu a manter algumas das realizações mais marcantes desse período da esquerda no poder como, por exemplo, a legalização do aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O plano de governo dele fala em combater a discriminação por orientação sexual e a violência contra a mulher.

Um dos principais objetivos de Lacalle Pou é acertar a economia do Uruguai. O endividamento do estado aumentou. O desemprego, que vinha caindo sem parar, começou a aumentar sem parar. Ele também quer que o Uruguai dependa menos do Mercosul.

G1

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 11 =