Campo Grande, 23 de outubro de 2021

Bancário de 66 anos deixou alerta para amigos um dia antes de morrer sob suspeita do novo coronavírus: ‘A coisa é séria, fiquem em casa’

Um bancário de 66 anos morreu, no último sábado (28), com suspeita do novo coronavírus. Ele estava internado no Copa D’or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, desde sexta-feira (27). No leito do hospital, Edgard dos Santos Pereira alertou os amigos sobre a doença através de um aplicativo de mensagens, um dia antes de morrer.

Em entrevista ao G1, um amigo do bancário contou que ele começou a apresentar os sintomas de Covid-19 na segunda-feira (16), quando pediu licença ao banco para ficar em isolamento em casa. Na sexta-feira (27), ele foi internado com falta de ar.

Edgard comemorou os 66 anos dias antes de ser internado, em 13 de março. Na ocasião, ele se reuniu com alguns amigos em um restaurante.

Bancário comemorou o aniversário de 66 anos dias antes de ser internado no Copa D'or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais

Bancário comemorou o aniversário de 66 anos dias antes de ser internado no Copa D’or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais

Além de ser bancário, ele era fisioterapeuta, acupunturista, capoeirista e músico. O amigo lembra que ele tocava clarinete, cuíca e pandeiro.

“Ele era um agitador cultural da região do Catete, Flamengo, Glória e Urca, onde frequentava as rodas de samba. Era uma pessoa muito conhecida e participante politicamente. Ele saía em blocos de carnaval e tocava na bateria. Uma pessoa querida, todos gostavam dele”, afirmou o amigo.

Outro amigo de bloco de carnaval do bancário pediu, nas redes sociais, mais cuidado na prevenção ao vírus.

Edgard dos Santos Pereira era músico e tocava em blocos de carnaval do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais

Edgard dos Santos Pereira era músico e tocava em blocos de carnaval do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =