Campo Grande, 20 de janeiro de 2022

Randolfe apresenta pedido para instalação de nova CPI da Covid no Senado

BRASÍLIA — O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou nesta terça-feira que protocolou no Senado um pedido para a abertura de uma nova CPI sobre a atuação do governo federal na pandemia da Covid-19.

Em suas redes sociais, o senador disse que a nova comissão seria necessária para apurar as ações e omissões do governo Bolsonaro desde novembro de 2021. A CPI da Covid realizada em 2021 terminou no final de outubro com o indiciamento do presidente por 10 crimes, além de outros envolvidos na atuação do governo federal, como o ex-ministro Eduardo Pazuello.

— Entre outros pontos, teremos como foco: atraso e insuficiência na vacinação infantil; insuficiência de provisão para doses de reforço em 2022; ataques do Presidente da República aos técnicos da Anvisa e à vacinação da população adulta e infantil; a insuficiência da política de testagem; e o apagão de dados do Ministério da Saúde com as suas consequências no correto monitoramento da evolução da pandemia — publicou Randolfe em suas redes sociais.

Nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro tem se posicionado contra a vacinação em crianças de 5 a 11 anos, conforme aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que gerou atrito entre ele e a agência.

Nesta segunda-feira, o presidente disse que nunca acusou a Anvisa de corrupção, mas voltou a criticar o órgão.

— Não quero acusar a Anvisa de absolutamente nada. Agora, que tem alguma coisa acontecendo, não tem a menor dúvida que tem. Pelo que estou sabendo agora, vai deliberar sobre a Coronavac para crianças a partir de 3 anos de idade. Não sei o que acontecerá no final mas a Anvisa vai tomar sua posição e de uma forma ou de outra vai sofrer críticas também.

Relator da CPI da Covid, o senador Renan Calheiros se posicionou de forma favorável à abertura de uma nova comissão. Segundo ele, o governo apenas respeita CPIs.

— Apoio a nova CPI. Há fatos novos e determinados: boicote à vacinação infantil, apagão de dados no MS, tocado por um sabujo, além da explosão de casos. Bolsonaro é um delinquente reincidente. O Congresso está omisso diante do resgate do genocídio. Eles só respeitam CPI — disse Renan.

Segundo Randolfe Rodrigues, o requerimento será protocolado no Senado. As comissões parlamentares de inquérito, ou CPIs, são uma prerrogativa da minoria da Câmara ou do Senado: ou seja, não é necessária a assinatura da maioria dos senadores ou dos deputados para sua abertura. No caso do Senado, que tem 81 parlamentares, bastaria a assinatura de um terço deles, ou 27 senadores.

Caso o requerimento alcance esse número de assinaturas, o presidente Rodrigo Pacheco pode determinar a abertura da comissão. No caso da CPI da Covid, a comissão foi aberta apenas após determinação do ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, em razão da demora de Pacheco.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =