Campo Grande, 26 de maio de 2024

Rádios de MS “fecham os olhos” para os artistas regionais

Hoje a coluna Em Alta traz um assunto que deveria ser discutido há muito tempo pelos artistas. Mas infelizmente pelo medo ou por falta de coragem muitos evitam comentar sobre o assunto. Mas nós precisamos falar sobre a falta de programas regionais nas rádios de Mato Grosso do Sul destinado a entrevistas musicais com artistas do estado, até mesmo a execução de músicas nas emissoras.

Os artistas só são bem vistos nessas emissoras quando alcança, o sucesso lá fora. O que deveria ter o apoio dos mesmos, para depois ter orgulho dos mesmos. Apesar da quantidade expressiva de rádios em MS, poucas tem programas voltados ao regional. Poucas emissoras tocam músicas de artistas da terra. Ontem o músico Rafael Ruivo usou sua rede social para abortar o assunto.

Ruivo acredita que rádios locais deveriam existir para apoiar o trabalho de artistas da terra, principalmente em novos projetos. “Ouvi de um gerente de uma grande rádio em Campo Grande a seguinte frase: ‘É muito arriscado para nós tocarmos artistas pequenos e sem investimento’. Fica apenas uma reflexão.”, escreveu em sua página.

Eu (Jhoseff) por exemplo quando atuei no rádio lá pelos anos 2008 em diante, levei muitos cantores, inclusive entrevistei muitos deles. Dando oportunidades aos artistas da Capital e do Interior. Mas naquela época já contava nos dedos as emissoras que abriam espaço para o regional.

A coluna Em Alta acredita nos artistas regionais e espera das autoridades um projeto de lei que incentivam as emissoras de rádios a executarem na sua grade ou programação pelo menos 5% da nossa música local e também abrir espaço para os músicos do MS. Nosso estado tem vários artistas que saiu daqui para fazer sucesso no Brasil e no mundo. Temos muitos nomes, vocês conhecem e nem precisa eu falar né?!

Tem alguma sugestão de pauta ou alguma novidade? É só enviar um e-mail para [email protected]

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp