Campo Grande, 27 de fevereiro de 2024

PT lança oficialmente Giselle Marques como candidata ao governo de MS

O PT aprovou em convenção, neste sábado (30), a escolha de Giselle Marques, como candidata ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições deste ano. A oficialização da candidatura foi realizada na Câmara Municipal de Campo Grande. A chapa não definiu o nome para vice.

Em seu discurso, ela disse que pretende governar o estado para implantar programas que viabilizem alternativas sustentáveis para Mato Grosso do Sul e, por meio delas gerar emprego e renda para que a população possa viver com abundância e dignidade.

“A marca do PT é a da inclusão, da justiça social e da saúde gratuita e de qualidade. Então é isso que queremos trazer para Mato Grosso do Sul”.

A candidata disse que as bandeiras que vai defender na campanha são: a inclusão, por meio da geração de emprego e renda; o fomento ao turismo sustentável, aliando a recuperação da malha ferroviária do estado a possibilidade de visitação a aldeias e assentamentos para que as comunidades possam vender artesanato e produtos típicos; fortalecimento da agricultura familiar, com recursos e assistência técnica e preservação ambiental, principalmente do Pantanal.

Convenção do PT de Mato Grosso do Sul foi realizada na Câmara Municipal de Campo Grande — Foto: Anderson Viegas/g1 MS

Convenção do PT de Mato Grosso do Sul foi realizada na Câmara Municipal de Campo Grande — Foto: Anderson Viegas/g1 MS

Em relação ao lema da campanha, disse que ainda está sendo definido, mas que deve estar alinhado ao da candidatura de Luís Inácio Lula da Silva à presidência da República, no sentido de passar a ideia de “Vamos juntos pelo Brasil, pelo Mato Grosso do Sul”.

Giselle será candidata ao governo por uma federação formada pelo PT, PCdoB e PV.

O evento, deste sábado, contou com a presença do presidente estadual do PT, Vladimir da Silva Ferreira e do candidato ao senado pelo partido, Tiago Botelho, além de parlamentares municipais, estaduais e federais da legenda.

O PT também definiu que lança 5 candidatos ao cargo de deputado federal e 20 para deputado estadual.

Giselle Marques é advogada, tem 54 anos, e nasceu em Campo Grande. Tem Pós-Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. Em 2016 fundou o Movimento “Juristas pela Democracia” em Mato Grosso do Sul, para lutar pela defesa do Estado Democrático de Direito. Atuou em várias gestões da OAB-MS como membro de Comissões, Conselheira Estadual e Secretária Geral. Foi presidente do Centro de Defesa dos Direitos Humanos Marçal de Souza.

Filiou-se ao PT em 1986, quanto era presidente do Diretório Acadêmico de Direito, vindo a presidir também o Diretório Central dos Estudantes da Faculdade Católica. Foi presidente do Diretório Municipal do PT de Campo Grande em 1989, quando coordenou a campanha do Lula na capital sul-mato-grossense.

Foi gerente de Controle Ambiental do Imasul entre 2002 a 2004, e superintendente do Procon-MS entre 2004 a 2007. Nas eleições de 2018, Giselle concorreu ao Senado como segunda Suplente do Zeca do PT.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp