Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Deputado Amarildo Cruz diz: Há anos luto pela causa indígena!

Há anos luto pela causa indígena. Em 2004, quando estive à frente da Agehab, tive a satisfação de construir as primeiras casas populares em aldeias indígenas do País. E elas até hoje servem de marco do Programa Novo Habitar. A partir desse projeto pioneiro, fomos construindo cerca de 900 casas em aldeias do Estado inteiro.
Também sou autor da Lei 3.594/2008, regulamentada pelo Decreto 13.141/2011, que prevê a destinação de 20% e 3% das vagas nos concursos públicos estaduais a negros e indígenas, respectivamente.
Nesse mandato, destinamos R$ 90 mil em emendas parlamentares para beneficiarem aldeias, com melhorias como a reforma de escola indígena. Outros R$ 40 mil foram destinados à compra de veículo. Mais R$ 100 mil repassados fundo a fundo deverão contemplar também a população das aldeias.
Em nossas agendas, percorremos periodicamente as aldeias de todo o Estado. Sempre estivemos e sempre estaremos lado a lado com nossos irmãos indígenas, não apenas nas datas que os celebram, mas até que eles tenham pleno acesso a todos os direitos que lhes são assegurados pela Constituição Federal.
Porque ‘reconhecer aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições e os direitos às terras que tradicionalmente ocupam, sendo protegidos e respeitados’, não é nenhum favor, mas dever de todos nós!
Pode ser uma imagem de 3 pessoas e texto que diz "DIA INTERNACIONAL DOS POVOS INDIGENAS TAO FOVRA de agosto Amarıldo Cruz"
Facebook

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp