Campo Grande, 22 de abril de 2024

Herói do tetra, Götze volta à seleção da Alemanha cinco anos após ter carreira interrompida

Por Camila Alves — Recife

“Vou fazer de tudo para voltar a ser convocado.” As palavras foram o desabafo de Mario Götze, em maio de 2018, ao descobrir que estava fora da lista da Alemanha para disputar a Copa do Mundo da Rússia. Era a primeira desde o ano em que se tornou herói do tetra alemão, e o meia buscava a própria reviravolta depois de ter a carreira momentaneamente interrompida por um problema de saúde.

Foram oito anos desde a última Copa disputada e cinco anos sem convocações. Mas Götze está de volta. O meia virou surpresa na chamada do técnico Hansi Flick e disputará a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Mario Gotze fez o gol do título alemão na Copa passada. E agora, continua a sequência? — Foto: Getty Images

Mario Gotze fez o gol do título alemão na Copa passada. E agora, continua a sequência? — Foto: Getty Images

— Faz algum tempo… cinco anos para ser exato. Estou muito feliz de ser parte da seleção da Alemanha para a Copa do Mundo e grato pela confiança de Hansi Flick e sua comissão técnica — disse nas redes sociais.

“Sinto que a convocação é uma recompensa pelo trabalho duro que tive, mas não seria possível sem minha esposa, minha família, meus ótimos companheiros de time e treinador. Obrigado pelo apoio!”

Do ápice às frustrações

 

Götze estava com 22 anos recém-completos quando balançou as redes diante da Argentina, no dia 13 de julho de 2014, para garantir a vitória e o título da Alemanha – na Copa do Mundo do Brasil. Ali, em uma noite de herói pela conquista do tetra, viveu o melhor momento de sua carreira, antes de uma recaída marcada por afastamentos e frustrações.

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp