Campo Grande, 22 de abril de 2024

AGEMS realiza plantio de 123 mudas Arco do Ipês

Mais que plantar é preciso cuidar e zelar pelo Meio Ambiente. E foi com esse objetivo, que mais uma vez, as crianças tiveram momentos marcantes e foram protagonistas da ação ambiental no plantio de novas mudas no Arco dos Ipês, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

O plantio coletivo foi realizado neste sábado (26), com as crianças do Tamojuntinho- instituto TamoJunto, adolescentes da Escola Estadual Emygdio Campos Widal, projeto Florestinha e servidores da AGEMS, Agência Estadual de Regulação e demais convidados.

Essa é uma iniciativa da AGEMS em parceria com órgãos e empresas, como a Agência de Gestão de Empreendimentos (Agesul), Instituto do Meio Ambiente (Imasul), Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul), Águas Guariroba, Secretaria de Estado de Infraestrutura, Secretaria de Educação (SED) e Departamento de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran).

Na abertura do evento, o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, enfatizou as crianças e os adolescentes como o futuro para o cuidado do Meio Ambiente e o Arco dos Ipês como mais um cartão postal da cidade.

9BDCA618 BF30 44FA 806A 95C9F97494B3 AGEMS realiza plantio de 123 mudas Arco do Ipês

“Nós estamos fazendo isso para nossas crianças, porque falar do Meio Ambiente, falar que o mundo está pegando fogo, que o ar está ruim é muito fácil. É preciso ter atitude, praticar e entregar. É de árvore em árvore que a gente vence, é cuidando e zelando. Isso vai ficar para a eternidade, eu quero que essas crianças no futuro daqui há 20 anos, possam ver onde tudo começou e o que realizaram. Nossa ação vai virar cartão postal para a cidade, o Estado, Brasil e o mundo”, afirma Assis.

Capital
Conhecida pela cultura de plantar árvores, Campo Grande, a Capital Sul-mato-grossense foi considerada por dois anos consecutivos, uma das cidades mais arborizadas do mundo pela rede Tree Cities of the World. O título foi concedido às cidades que se comprometem a cultivar e a manter florestas urbanas.

“É uma honra para nós juntar dois grandes projetos em um só. O tamojuntinho, é a 8ª vez que plantamos árvores, realizamos essa ação há cinco anos, já plantamos mais de mil mudas no Parque das Nações, e trazer esse projeto em parceria com a AGEMS é muito gratificante. É despertar a consciência ambiental nas nossas crianças e mostrar para elas que é nós que fazemos o nosso futuro”, afirma a diretora de Inovação e Relações Institucionais da Agência Reguladora, Rejane Monteiro.

Futuro
“Agradeço por virem hoje nos ajudar nessa ação importante de cuidar das árvores. Obrigada ao Tamojuntinho e o Tamojunto e a todos por essa ação muito linda”, destacou a vice-presidente do Tamojuntinho, Sara.

A estudante Eduarda Moretto, da escola Estadual Emygdio, definiu a experiência como especial e única na vida.

“A natureza está sempre aqui, é um parte muito importante para gente como ser humano, e ter uma parte mínima para dizer que eu ajudei, eu plantei, é muito gratificante. Contribuir como ser humano é nosso dever. Estou feliz porque vou ter meu nome em uma árvore, para daqui há alguns anos, ver algo que marcou a minha adolescência. Com certeza, foi uma experiência nova, incrível e única na minha vida”, diz a estudante.

Plantio
“É uma ação muito interessante e lúdica. Tivemos aqui crianças, adolescentes, escolas, institutos, todos com um único objetivo, replantar mudas e adotá-las, como uma forma de cuidar do Meio Ambiente. O Arco dos Ipês é um presente para Campo Grande e está sendo cuidado por todos nós”, comenta Iara Marchioretto, diretora de Saneamento Básico e Resíduos Sólidos da AGEMS.

História
O Ipê é a árvore símbolo do Estado sul-mato-grossense por meio da lei 5.228, de 16 de junho de 2018. É a árvore mais encontrada nas ruas e que na sua estação traz ainda mais beleza e encanta a população. A espécie tem origem da língua indígena tupi e significa casca dura, também conhecida como pau d’arco, já que antigamente os índios utilizavam a madeira dessas árvores para fazerem os seus arcos de caça e defesa.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp