Campo Grande, 22 de abril de 2024

Com 109 medalhas, Mato Grosso do Sul é destaque da etapa nacional das Paralimpíadas Escolares

Na maior edição da história da etapa nacional das Paralimpíadas Escolares, Mato Grosso do Sul foi destaque. Os estudantes-atletas sul-mato-grossenses conquistaram 109 medalhas (47 ouros, 35 pratas e 27 bronzes), colocando o estado como o sexto melhor do país na classificação final. A competição começou no dia 23 de novembro e teve fim no último fim de semana, com disputas no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP). A delegação estadual foi organizada e coordenada pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

Ao todo, 71 atletas compuseram a delegação de Mato Grosso do Sul no maior evento esportivo para crianças e jovens com deficiência em idade escolar. Eles representam o estado em sete modalidades: bocha, atletismo, tênis de mesa, futebol de sete, judô, parabadminton e natação. Conforme o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o evento reuniu cerca de 1.350 participantes de 26 estados da federação – exceção foi o Piauí. Outras modalidades estiveram no programa esportivo das Paralimpíadas Escolares: basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), futebol de cegos, goalball, halterofilismo, taekwondo, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

O principal destaque foi o parabadminton. Com os atletas Anahí Batista, Bruno Lovera, Kaique Rocha e Emerson Santos em quadra, Mato Grosso do Sul sagrou-se campeão geral. Repetindo o feito de 2021, o judô terminou a competição em segundo lugar, mesma posição do futebol de sete e do tênis de mesa sul-mato-grossense. A bocha foi quinta colocada. Já o atletismo e a natação fecharam em sétimo.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp