Campo Grande, 22 de abril de 2024

Fábio Trad bate-boca com bolsonaristas em avião

Deputado federal Fábio Trad (PSD) foi hostilizado e bateu boca com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) durante voo de Campo Grande para Brasília, na manhã desta terça-feira (29).

O parlamentar aguardava a decolagem quando o homem chega filmando, se apresenta como eleitor de Trad e questiona o porquê de o deputado não ter apoiado a CPI da Toga, que está sendo levantada na Câmara Federal, para investigar possíveis abusos de poder cometidos por ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Durante o questionamento, o homem, que não foi identificado, acusa o ministro Luís Roberto Barroso de interferir no processo eleitoral em conjunto com o Legislativo para evitar a reeleição de Bolsonaro. “Em um evento da Fundação Lemann, ele fez um discurso dizendo como teremos que tirar um presidente da República e lá ele falou: ‘o bem sempre vence o mal’. Ele interferiu diretamente no parlamento para não ter auditoria do voto, interferindo diretamente em outro poder”, disse o passageiro.

Como resposta, Fábio Trad deixou clara sua opinião sobre o atual governo, respondendo o motivo de sua não adesão à proposta que tramita na Câmara Federal. “O governo Bolsonaro quer fragilizar o Poder Judiciário para implantar uma ditadura corrupta no País. Em minha opinião, Bolsonaro é um ladrão, por isso não assinei a CPI”, justificou.

Enquanto terminava sua resposta, outro passageiro apoiador de Bolsonaro vira para a poltrona do parlamentar, iniciando um bate-boca. “Ladrão é quem foi eleito”, gritou. Em seguida Fábio Trad se defende dizendo que estava manifestando apenas sua opinião. Os ânimos ficaram exaltados e um funcionário da companhia aérea solicita que o bate-boca seja cessado, caso contrário acionaria a Polícia Federal.

Procurado pela reportagem, o parlamentar disse que foi surpreendido pelo autor das imagens e apenas exerceu seu direito de resposta. “Eu estava quieto na poltrona esperando embarcar. De repente, me vejo sendo filmado e interpelado de forma constrangedora. Eles bateram boca comigo e eu apenas respondi. Vários passageiros vieram prestar solidariedade a mim depois do ocorrido”, garantiu Trad.

Os deputados Rose Modesto (UB) e Vander Loubet (PT) também aparecem no vídeo, mas ficam em silêncio.

Vídeo

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp