Campo Grande, 12 de abril de 2024

Estados Unidos vencem Irã no Grupo B

Com gol de Pulisic, os Estados Unidos venceram o Irã por 1 a 0, nesta terça-feira, e avançaram em segundo lugar no Grupo B da Copa do Mundo. Os americanos agoram enfrentam a Holanda nas oitavas de final. Os iranianos estão eliminados.

O jogo como um todo teve superioridade americana. Com muita disposição sobretudo no setor de meio-campo, os Estados Unidos criaram mais oportunidades na primeira etapa, quando abriram o placar com Pulisic – que saiu machucado ao intervalo. Teve ainda um gol bem anulado de Weah por impedimento antes dos times irem ao vestiário. Na segunda etapa, o Irã precisou sair mais e teve algumas chances de empatar, com Ghoddos e Pouraliganji. Os americanos, no entanto, souberam defender o resultado favorável e garantir a classificação às oitavas de final da Copa do Mundo 2022.

Taremi e McKennie em Irã x Estados Unidos

Resultado final do Grupo B

O Grupo B terminou com liderança da Inglaterra, que venceu País de Gales por 3 a 0 em jogo simultâneo. Os ingleses somaram 7 pontos. Os Estados Unidos ficaram em segundo, com 5, enquanto Irã (3 pontos) e Gales (1) estão eliminados.

Oitavas de final

Nas oitavas de final da Copa do Catar, os Estados Unidos encaram a Holanda, que liderou o Grupo A. O duelo será no próximo sábado, 3 de dezembro, às 12h (de Brasília), no estádio Internacional Khalifa.

Primeiro tempo

Na primeira etapa, os Estados Unidos se impuseram diante do Irã. A intensidade competitiva do trio de meio-campo Musah, Adams e McKennie foi o diferencial da equipe. Com oito finalizações a zero, o time americano pressionou e conseguiu abrir o placar aos 37 minutos. O gol foi do craque Pulisic, após assistência de Dest, numa das várias tentativas do time de levantar bolas na área. Antes do intervalo, Weah ainda faria o segundo, mas o gol acabou bem anulado por impedimento. A vitória parcial era justa.

Gol de Pulisic em Irã x Estados Unidos

Gol de Pulisic em Irã x Estados Unidos (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)

Segundo tempo

No retorno para a etapa final, Pulisic foi substituído com lesão abdominal – sentiu dores justamente no lance em que marcou o gol. Os americanos não tiveram o mesmo ímpeto ofensivo e só assustaram em cobrança de falta de Musah. O Irã foi para o desespero. O técnico Carlos Queiroz colocou meias e atacantes, entre eles, Ghoddos, que perdeu duas chances, uma delas em chute que passou zunindo a trave americana. Taremi tentou jogadas individuais, mas estava muito isolado na frente. Na reta final, os iranianos alçaram várias bolas na área e reclamaram de pênalti de Carter-Vickers em Taremi. O juiz e o VAR não acharam, e o apito final veio pouco depois, para alegria dos Estados Unidos.

EUA comemoram classificação com vitória sobre o Irã

EUA comemoram classificação com vitória sobre o Irã (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp