Campo Grande, 22 de abril de 2024

MARCO promove a 4ª Temporada de Exposições de 2022

O Museu de Arte Contemporânea de MS (MARCO) promove a 4ª Temporada de Exposições de 2022, oevento é aberto ao público e vai até 12 de fevereiro. A 4ª Temporada de Exposições traz 4 mostras dos artistas: Wendel Fontes (Campo Grande – MS), Fabiana Silveira (Campo Grande – MS /Girona – Espanha), Retrato Falado (um recorte do Acervo do MARCO) e Casa Nova!, que consiste numa seleção de parte das 50 obras doadas pelo Itaú Cultural nesse ano para o MARCO. Essas duas últimas mostras integram parte da comemoração de aniversário de 20 anos da sede do MARCO.

O trabalho do artista visual Wendel Fontes apresenta fotografias e pinturas que criam uma narrativa a respeito dessa performance da sobrevivência: fala da vivência de malabaristas, de diferentes nacionalidades (Brasil, Argentina e Chile), que em seus deslocamentos, passaram pela cidade de Campo Grande/MS.

A série Finitude da artista Fabiana Silveira, é um convite visual sobre a relação do ser humano com a perda, neste momento, o fim. Mas vai muito além da tristeza, procurando destacar e produzir interpretações que possam trazer consolo, e principalmente, estreitar a barreira que temos de não querer falar sobre o assunto, sobre a morte. Uma nova perspectiva sobre quem fica, ou talvez, uma outra maneira de observar tudo isso.

A mostra, Retrato Falado, traz uma pequena narrativa a partir das obras do acervo do MARCO, sobre um costume atual recorrente: retratos, selfies, postagens frequentes nas redes sociais, instagram, facebook…das quais aliás, pouca gente se esquiva. Fazer o uso de selfies e postar no instagram estaria tão distante da intenção de um dos retratos mais icônicos da arte mundial como a Monalisa? Diante disso, o MARCO apresenta pinturas do seu acervo no estilo retrato e convida o visitante a partilhar a sua identidade, criar ou reler uma outra, por intermédio dessa mostra.

O Instituto Itaú Cultural com sede em São Paulo definiu no ano de 2022 instituições museológicas para receberem obras de arte com a finalidade específica de integrar o patrimônio, bem como permanecer acessível ao público contribuindo com os objetivos culturais e de salvaguarda. Ao todo foram 22 museus de diferentes Estados que participaram da seleção e cada instituição receberam 50 obras de arte.

O lote oferecido a Mato Grosso do Sul incluiu gravuras, serigrafias, litografias, pinturas, fotografias, esculturas e colagens assinadas por artistas brasileiros renomados como Renina Katz, Claudio Tozzi, Milton Dacosta, Humberto Espíndola e Emanoel de Araújo, para citar alguns. A mostra dessas obras é uma forma de celebrar os 20 anos da sede do MARCO.

Serviço: A 4ª Temporada de Exposições do Museu de Arte Contemporânea fica aberta ao público de 30 de novembro de 2022 a 12 de fevereiro de 2023, sempre com entrada franca. O Marco fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas. As visitações podem ser feitas de terça a sexta, das 7h30 às 17h30. Sábados e domingos das 14 às 18 horas. Para mais informações e agendamento com escolas ou grupos para realização de visitas mediadas com as arte-educadoras do Programa Educativo, basta ligar no telefone (67) 3326-7449. 

Comunicação Fundação de Cultura de MS

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp