Campo Grande, 22 de abril de 2024

Stephen Thompson derrota Kevin Holland no UFC

Por Combate.com — Orlando, EUA

Em Orlando, Flórida, nos Estados Unidos, Stephen Thompson venceu Kevin Holland por nocaute técnico, no intervalo do quarto para o quinto round, por interrupção médica, na luta principal do UFC Fight Night. O Wonder Boy, dessa maneira, ampliou seu cartel para 17 vitórias, seis derrotas e um empate, e se recuperou de uma sequência de duas derrotas na organização em 2021.

Após o combate, o ex-desafiante ao cinturão da divisão até 77kg falou sobre a batalha dentro do octógono contra Kevin Holland.

— Sabia que seria muito difícil entrar na curta distância e tive que ter muito tempo de luta. Eu queria mostrar ao UFC e aos fãs que o Wonder Boy ainda está aqui. Sinto como se tivesse com 25 anos e ainda posso ser o cara da divisão. Holland é duro demais. Eu acho melhor que a gente se cuide agora porque foi uma luta muito dura. Mas ele é duro demais. Eu queria, antes de tudo, agradecer a todos que vieram prestigiar. Estamos juntos.

Stephen Thompson comemora vitória sobre Kevin Holland no UFC em Orlando — Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

A luta começou a todo o vapor, com Thompson conseguindo dois golpes de encontro pesados, mas Holland respondeu com muita agressividade, combinando diretos, cruzados e até joelhadas que entraram limpas ex-desafiante ao cinturão da categoria até 77kg. Na reta final do primeiro assalto, Stephen Thompson conseguiu uma boa sequência de direita e esquerda, que manteve em alerta o adversário.

No começo do segundo round, Stephen Thompson acertou um lindo chute de esquerda no rosto de Kevin Holland, que conseguiu absorver muito bem o golpe. Em seguida, o “Wonder Boy” emplacou duas boas sequências de esquerda-direita, fazendo o adversário andar para trás. Na segunda metade do assalto, Holland conseguiu uma queda e um quase knockdown, mas Thompson se recuperou na reta final e esteve bem perto de um nocaute.

O terceiro round manteve o cenário dos dois anteriores, com ambos os lutadores conectando bons golpes, mas com Stephen Thompson melhor, especialmente nos chutes laterais no corpo e rodados no rosto e nas sequências de esquerda e direita. Kevin Holland continuou apostando nos contragolpes e na tentativa de encurtar a distância, mas sem muita efetividade.

No quarto round, Stephen Thompson usou sua expertise de karateca para usar e abusar dos chutes, entrando e saindo, para ir minando a energia de Kevin Holland, que foi um verdadeiro guerreiro para aguentar e absorver tantos chutes no corpo e no rosto. Nos segundos finais, o Wonder Boy conseguiu um knockdown, mas faltou trabalho de chão para encerrar o combate.

E, no intervalo para o quinto round, a luta foi encerrada pelos médicos devido a lesão de Kevin Holland na mão.

UFC
3 de dezembro de 2022, em Orlando (EUA)


CARD PRINCIPAL
Stephen Thompson venceu Kevin Holland por nocaute técnico (interrupção médica) no R4
Rafael dos Anjos venceu Bryan Barberena por finalização aos 3min27s do R2
Matheus Nicolau venceu Matt Schnell por nocaute a 1min44s do R2
Sergei Pavlovich venceu Tai Tuivasa por nocaute aos 54s do R1
Roman Dolidze venceu Jack Hermansson por nocaute técnico aos 4min06s do R2
Eryk Anders venceu Kyle Daukaus por nocaute técnico aos 2min45s do R2
Phil Rowe venceu Niko Price por nocaute técnico aos 3min26s do R3
CARD PRELIMINAR
Angela Hill venceu Emily Ducote por decisão unânime (triplo 30-27)
Clay Guida venceu Scott Holtzman por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Michael Johnson venceu Marc Diakiese por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Jonathan Pearce venceu Darren Elkins por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)
Natan Levy venceu Genaro Valdez por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Francis Marshall venceu Marcelo Rojo por nocaute a 1min14s do R2
Yazmin Jauregui venceu Istela Nunes por nocaute técnico aos 4min06s do R2

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp