Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Eduardo Riedel participa de reuniões no Palácio do Planalto e STF e repudia atos de vandalismo

Um dia após a depredação de prédios dos três poderes em Brasília, o governador Eduardo Riedel participou, na segunda-feira (9), de reuniões no Palácio do Planalto e no STF (Supremo Tribunal Federal) e disse ser contra atos de violência.

“Quero ratificar que sou totalmente contra qualquer tipo de movimento que invada, que deprede, seja patrimônio público ou privado, que ultrapasse a linha da legalidade. Sempre disse isso. E isso vale para qualquer tipo de manifestação, de qualquer ordem. Em Mato Grosso do Sul, nós vamos sempre zelar pela pacificidade de qualquer tipo de movimento. E aqui não cabe linha ideológica, direita ou esquerda. Nós temos que discutir a evolução do país, a evolução do nosso estado”, afirmou o governador.

Riedel disse ser ainda ser “muito triste tudo o que aconteceu”. “O debate político ideológico deve, sim, ser realizado dentro da linha da legalidade. Ganha-se eleição, perde-se eleição. O jogo segue. E a gente tem que seguir fazendo com que o povo do Mato Grosso do Sul, o povo brasileiro, tenha os benefícios. E aquilo que a gente não concordar, nós vamos fazer valer na política o debate, a discussão. Então, um momento sério que o país vive. E realmente muito triste tudo o que aconteceu aqui”.

Paulo Fernandes, Comunicação do Governo de MS

Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp