Campo Grande, 27 de fevereiro de 2024

Governador, vice e secretários

Governador Eduardo Riedel 

Eduardo Corrêa Riedel cursou graduação em Ciências Biológicas – Bacharelado em Genética, mestrado em Zootecnia e especialização em Gestão Empresarial (MBA).

Desempenha desde 1994 a função de diretor presidente da Sapé Agropastoril Ltda., empresa que atua na produção de carne bovina, cana-de-açúcar e grãos, em Maracaju (MS). Implementou modelo de gestão inovador, com enfoque na gestão de pessoas, avaliação de desempenho organizacional e participação nos resultados. Atualmente, a empresa adota o Modelo de Excelência de Gestão, baseado nos critérios da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Em 1999, ingressou na liderança do setor rural como diretor do Sindicato Rural de Maracaju, assumindo a presidência deste sindicato em 2002. Em 2006, foi eleito vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), assumindo a posição de presidente interino da entidade em janeiro de 2010. Em junho de 2012, foi efetivamente eleito, por unanimidade, presidente da Federação.

Em fevereiro de 2011, foi empossado presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS. Em janeiro de 2012 assumiu como diretor vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Eduardo Riedel (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul com 56,90% dos votos válidos, na primeira eleição que disputou. Na mais acirrada disputa da história do Estado.

Vice-governador

José Carlos Barbosa (São Simão/GO, 26 de outubro de 1964), mais conhecido como Barbosinha, é advogado, mestre em Direito Constitucional e político brasileiro. Filiado ao partido Democratas (DEM), demonstrou interesse na política aos 13 anos, quando foi contratado como primeiro funcionário da Prefeitura de Angélica/MS, na época, distrito de Dourados –MS. De família muito humilde, desde criança aprendeu a trabalhar e ajudar nas despesas da família. Foi cobrador de Kombi, engraxate, vendedor de picolé e de salgado, carpia terreno baldio e entregava nas mãos da sua mãe todo o dinheiro que ganhava.

Ingressou de fato na vida política em 1989, quando foi eleito prefeito da cidade, com apenas 23 anos, o mais jovem de Mato Grosso do Sul. Em 1992, foi considerado um dos melhores administradores da cidade. Em 1993, atuou como advogado cível, criminalista e professor universitário na cidade de Dourados/MS por 10 anos.

Em 2007, foi convidado para assumir a Sanesul – Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul. À frente da gestão, foi responsável pelo maior investimento em saneamento do estado de Mato Grosso do Sul, projetando a empresa nacionalmente e garantindo mais saúde e qualidade de vida para a população sul-mato-grossense. Por conta deste trabalho, em 2012, foi eleito presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento – AESBE, sendo o primeiro sul-mato-grossense a presidir a instituição.

Em 2014, foi eleito deputado estadual em Mato Grosso do Sul, e em 2016, a convite do governador Reinaldo Azambuja, atuou na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), sendo responsável por viabilizar um dos maiores investimentos da história do Estado, o programa “MS Mais Seguro”, fazendo com que o Estado se tornasse o 5º mais seguro do Brasil para se viver.

Casa Civil

Na Secretaria da Casa Civil, Eduardo Rocha. Ele é formado em economia e foi eleito 3 vezes como deputado estadual de Mato Grosso do Sul. Seu desafio é desenvolver a coordenação política do governo, em relação à nova administração federal, a Assembleia Legislativa e ainda a interface com os municípios. Além de executar, junto com a secretaria executiva do interior e da capital, os contratos de gestão para os próximos anos com cada um dos municípios. É um grande desafio de coordenação que será compartilhado com outras secretarias em face de sua dimensão e extensa transversalidade.

SEGOV

Na Secretaria de Governo, Pedro Caravina. Ele é formado em Direito e pós-graduado em Gestão Pública. Foi prefeito de Bataguassu por dois mandatos, além de outros dois mandatos à frente da presidência da Assomasul. Caravina é delegado aposentado. Seu desafio será a articulação do conjunto de secretarias setoriais, pois a Segov é onde se alinha e harmoniza o governo, em torno dos grandes objetivos do programa a ser executado e os propósitos da gestão.

 

SAD

Na Secretaria de Administração, Ana Carolina Araujo Nardes. Advogada e pós-graduada em direito público e controle externo da administração pública. Prestou serviços para polícia federal, Governo do Estado do Paraná e Presidência da República em Brasília. Seu principal objetivo é o processo de efetiva modernização da gestão pública, acompanhando os avanços tecnológicos, tornando o Mato Grosso do Sul um Estado eficiente e com altíssimo grau de responsabilidade e transparência dos contratos públicos.

 

SED

Na Secretaria do Estado de Educação, Hélio Queiroz Daher. Especialista em Gestão Escolar e mestre em Educação Escolar. Atualmente desempenha as funções de superintendente de políticas educacionais da Secretaria de Estado de Educação, é conselheiro-presidente do Conselho Estadual de Educação e conselheiro-membro do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação. Seus principais desafios serão oferecer educação substantiva e de qualidade, investindo em uma nova consciência coletiva no mato grosso do sul fortalecendo cada ciclo de aprendizagem. A educação será uma área de alta relevância, pois é a política pública com maior potencial transformador da realidade e por isso no governo vai alcançar um patamar de inédita prioridade e em diferentes campos.

SES

Na Secretaria de Estado de Saúde, Maurício Simões Corrêa. Médico conceituado em Mato Grosso do Sul, gestor reconhecido, que tornou as instituições que presidiu referencias nacionais. Foi diretor-presidente da Federação da Unimed Mato Grosso Sul e também diretor-presidente da Unicred. Estará à frente do desafio de concluir a regionalização dos serviços de saúde e de fortalecimento do SUS, criando policlínicas nas quatro regiões de saúde, com serviços de imagens e bloco de atenção multiprofissional. Tudo isso contando com a ampliação do uso da telemedicina, medicina bioeletrônica e inteligência artificial. Para que cada cidadão tenha acesso a saúde de excelência garantindo assim, uma melhor qualidade de vida ao sul-mato-grossense.

 

SEAD

Na Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Elisa Cleia Nobre. Graduada em Serviço Social, especializada em gestão de políticas públicas sociais e mestra em educação. O desafio da sua pasta será implementar ações modificadoras através da transferência de renda, além de programas transversais com outras secretarias que proporcionarão à população mais qualidade de vida, projeção de um futuro saudável e seguro com emprego e comida na mesa das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.

SEMADESC

Na Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jaime Verruck. Economista, mestre em economia rural, doutor em desenvolvimento e planejamento territorial e formação executiva em estratégias e inovação. Seus desafios serão focar no desenvolvimento e crescimento sustentável; avançar com a industrialização do agro e com a transformação progressiva da nossa economia; consolidar as ações para tornar o Estado Carbono Zero em 2030; atrair empreendimentos com alta capacidade de investimentos, diversificando nossa matriz econômica gerando empregos e renda. Ou seja, crescer, melhorar, avançar e incluir sem destruir nosso patrimônio natural, nossa biodiversidade.

 

SETESCC

Na Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania, Marcelo Ferreira Miranda. Marcelo é graduado em Educação Física, pós-graduado em treinamento desportivo pela PUC-MG e tem mestrado em motricidade humana. Na mais transversal de todas as secretarias, a SETESCC em específico terá o desafio de trabalhar diferentes demandas e agendas específicas, transformando-as em uma macro agenda de atendimento às pessoas que formam uma sociedade complexa e plural. Fortalecendo sempre as parcerias setoriais entre cultura, cidadania, esporte e turismo para que todas as áreas compartilhem seus desafios, potencializando esforços, recursos orçamentários, inteligência e parcerias.

 

SEILOG

Na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo. Formou-se em arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro, possui grande experiência na área de obras públicas e é um dos administradores mais bem avaliados do Mato Grosso do Sul. terá como desafios aproximar a agenda de investimentos do governo dos municípios, definidos pelos contratos de gestão. Executar o plano estadual de pavimentação dos municípios, um ousado projeto conectado ao saneamento básico, que vai alcançar todas as cidades de MS. Concluir uma nova e robusta logística para o Estado para dar suporte a projetos como a Rota Bioceânica. Além é claro de executar, com as demais secretarias, os planos de obras setoriais nas diversas áreas.

SEJUSP

Na Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira. Ele é graduado em direito com pós-graduação em processo civil. Seus desafios consistem em avançar na recomposição dos efetivos; implantar a modernização tecnológica e a infraestrutura necessária em equipamentos para a garantia da capacidade operacional das forças; instalação de um novo e abrangente sistema de inteligência; desenvolver estratégias de atuação na faixa de fronteira, em parceria com outras instituições do setor; fortalecer o combate ao crime, instituindo programas de recuperação e ressocialização das pessoas.

 

SEFAZ

Na Secretaria de Fazenda de Mato Grosso do Sul, Flavio César. Graduado em relações públicas e pós-graduado em gestão e marketing integrados. Ele é ex-vereador e foi presidente da Câmara Municipal de Campo Grande. Terá o objetivo de criar uma nova sinergia, mais produtiva, entre as áreas responsáveis por grandes investimentos. O foco é melhorar ainda mais a qualidade dos gastos públicos, avançando na direção da desburocratização nas cadeias produtivas. Sua tarefa principal é garantir um regime estável de austeridade, condição necessária para que qualquer processo de crescimento sustentado aconteça fazendo com que estes investimentos retornem à sociedade em forma de obras, projetos e programas transformadores da nossa realidade.

CONTROLADOR GERAL DO ESTADO – CGE

Na Controladoria Geral do Estado, Carlos Eduardo Girão de Arruda. Formado em Ciências Econômicas e em Direito, com mestrado em Administração Pública e Governo. Girão assume uma área que é fundamental para o aperfeiçoamento do modelo de estado e da melhora da qualidade do serviço público. Seu objetivo é concluir e efetivar a rede de compliance público a ser instalada em cada uma das unidades administrativas, atuando na implementação de medidas efetivas de combate à corrupção prevenindo a sua ocorrência, impedindo que ela aconteça. Sempre fortalecendo a transparência pública nos órgãos públicos estaduais.

PROCURADORIA GERAL DO ESTADO – PGE

Na Procuradoria Geral do Estado, Ana Carolina Ali Garcia. Graduada em direito na Universidade Católica Dom Bosco, pós-graduada em direito tributário e MBA em parcerias público-privadas e concessões. O foco da pasta será sempre a eficiência. Apresentando propostas resolutivas para a solução das demandas, comprometimento com o interesse público e cumprimento com zelo das atribuições institucionais, buscando o melhor resultado para o estado e a sociedade. Cabe à PGE, também, assessoramento jurídico nos projetos de infraestrutura e também todo o contencioso que envolva os projetos. Orientando e fiscalizando o respeito à constituição e às leis pelos órgãos públicos no exercício de suas atividades.

 

ESCRITÓRIO DE PARCERIAS ESTRATÉGICAS – EPE

No Escritório de Parcerias Estratégicas, Eliane Detoni. Graduada em arquitetura e urbanismo, especialista em gestão regional e urbana e direito urbanístico. Especialista em PPP e concessões, em negócios e direito da infraestrutura possuindo certificação internacional na área. Seus desafios serão ampliar o programa de parcerias (PROP-MS), implementando os modelos de concessão, para criar oportunidades de negócios, garantir sustentabilidade aos projetos e reais benefícios aos cidadãos. Consolidando um ambiente de responsabilidade, confiança e transparência para dialogar com a sociedade e a iniciativa privada. O Escritório de Parcerias Estratégicas é uma área de excelência do estado de Mato Grosso do Sul, com efetivo reconhecimento nacional.

 

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp