Campo Grande, 22 de junho de 2024

Zico vê “falta de respeito” a Pelé e pede à torcida do Flamengo: “Parem”

Por Letícia Marques — Rio de Janeiro

“Espero que parem”

Foi assim que Zico reagiu ao canto vindo das arquibancadas do Flamengo antes da vitória por 1 a 0 sobre o Audax, na quinta-feira. Durante o minuto de silêncio em homenagem a Pelé e Roberto Dinamite, uma parte da torcida rubro-negra puxou uma música que exalta o maior ídolo, mas debocha, de forma agressiva, de Pelé e Maradona.

– Zico! Zico! Zico! O Pelé é maconheiro, Maradona cheirador.

 

Em vídeo enviado ao ge, o maior nome da história rubro-negra reforçou a reprovação contra a música.

– Eu também não fico satisfeito com tudo isso que aconteceu no Maracanã. Também acho uma falta de respeito, já falei diversas vezes com diversos representantes de torcida do Flamengo para que não cantassem essa música. Além de ser quem foram Maradona e Pelé, foram grandes amigos que fiz no futebol, caras que representam seus países.

 

– Espero que os torcedores do Flamengo, com toda a criatividade que têm, se quiserem me homenagear, que possam criar outro tipo de música. Com respeito, carinho e responsabilidade. Foi uma pena. Eu só tenho a lamentar isso já de alguns anos. Não permito que cantem essa música quando vou a algumas coisas no Flamengo. Quem me acompanha sabe disso. Só tenho a dizer que espero que a torcida do Flamengo não faça mais isso.

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp