Campo Grande, 22 de junho de 2024

Gastos de Bolsonaro com cartão corporativo podem ter sido maiores do que o divulgado, diz jornalista

Por g1

Os gastos com cartões corporativos da gestão de Jair Bolsonaro, em 2022, podem ser maiores do que o divulgado, segundo o jornalista Luiz Fernando Toledo, cofundador da agência “Fiquem Sabendo”. Em entrevista a Natuza Nery para o podcast O AssuntoToledo afirmou que há dados incompletos nas planilhas divulgadas.

A agência “Fiquem Sabendo” identificou os gastos disponibilizados pela Secretaria-Geral da Presidência da República no início de janeiro.

Toledo disse que os dados “não batem” com o que consta no Portal da Transparência. Apesar de não detalhar as compras com o cartão corporativo, o Portal da Transparência informa um gasto maior do que o que foi divulgado na última semana.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp