Campo Grande, 28 de fevereiro de 2024

Preso, ex-comandante da PMDF diz que Exército impediu prisões de terroristas

Por Arthur Guimarães e Pedro Alves Neto, TV Globo e g1 DF

Em depoimento à Polícia Federal, após ser preso, o ex-comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal, coronel Fábio Augusto Vieira, disse que o acampamento golpista de bolsonaristas no Quartel-General do Exército “contribuiu muito” para os atos terroristas cometidos em Brasília no dia 8 de janeiro. O PM é investigado por suspeita de omissão na contenção dos atos e está preso.

TV Globo teve acesso à integra do depoimento do coronel Fábio Augusto Vieira à PF. Ele afirmou ainda que, por diversas vezes, a segurança do DF tentou desmobilizar o grupo, mas foi impedida pelo Exército. Além disso, segundo o ex-comandante, no dia dos atos terroristas, o Exército impediu a entrada de PMs no local para prender suspeitos.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp