Campo Grande, 22 de junho de 2024

Dica de leitura: os livros mais emprestados na biblioteca estadual em 2022

Localizada na avenida no prédio do antigo Fórum de Campo Grande, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, Centro, a Biblioteca Estadual Isaías Paim possui 10 mil livros disponíveis para empréstimo da população. Em 2022, a média de empréstimos diários foi de 20 obras nas datas que funcionou – de segunda à sábado.

Para incentivar sua meta de leitura para esse ano, a equipe da biblioteca fez uma lista dos livros mais emprestados ali em 2022 e que podem fazer parte da sua lista neste ano de 2023. O horário de funcionamento da unidade vai das 7h30 às 17h30.

O empréstimo dos livros é gratuito e o interessado só precisa fazer a carteirinha trazendo um documento com foto e comprovante de residência. Assim, ele sai na hora e pode já levar um livro para casa e começar a leitura de 2023.


1984

Escrito pelo jornalista, ensaísta e romancista britânico George Orwell e publicado em 1949, o texto nasceu destinado à polêmica. Foi traduzido em 65 países, virou minissérie, filmes, inspirou quadrinhos, mangás e até uma ópera. Mas – ah!, estava demorando – ganhou renovados holofotes em 1999, quando a produtora holandesa Endemol batizou seu reality show (formato que chegou à TV nos anos 1970), de Big Brother, o mais sinistro personagem, ou melhor, entidade do livro.

A Revolução dos Bichos

A clássica obra do autor inglês George Orwell narra a jornada de um grupo de animais que decide se rebelar contra o dono da fazendo, o Sr. Jones, e com a exploração dos humanos. É uma alegoria e uma sátira sobre o totalitarismo, mais especificamente com os rumos que tomados pela Revolução Russa, de 1917.

Admirável Mundo Novo

O livro “Admirável Mundo Novo” ( 1932) de Aldous Huxley, descreve uma sociedade extremamente científica, onde as pessoas são pré-condicionadas biologicamente e condicionadas psicologicamente a viverem em harmonia com as leis e regras sociais da sociedade, essa sociedade não possui ética religiosa e valores morais.

Jogos Vorazes

No livro de Suzanne Colins, a região antigamente conhecida como América do Norte, a Capital de Panem controla 12 distritos e os força a escolher um garoto e uma garota, conhecidos como tributos, para competir em um evento anual televisionado. Todos os cidadãos assistem aos temidos jogos, no qual os jovens lutam até a morte, de modo que apenas um saia vitorioso. A jovem Katniss Everdeen, do Distrito 12, confia na habilidade de caça e na destreza com o arco, além dos instintos aguçados, nesta competição mortal.

O Pequeno Príncipe

No clássico de Saint-Exupéry, O Pequeno Príncipe, Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida.

O Príncipe

O príncipe deve aprender a não ser muito bom e piedoso, assim como deve ser prudente e fugir dos vícios que o levariam a perder seu poder. De acordo com Maquiavel, é melhor que o príncipe seja mais temido do que amado. Segundo ele, o governante temido mantém o povo em paz, unido e leal.

A Elite

No livro de Kiera Cass, A vida no palácio não era tão ruim quanto America imaginava. Ou melhor: com todos os mimos e privilégios que estava tendo, ela já mal se lembrava de como era pertencer à casta Cinco. Ser Um, em compensação, era fácil: suas criadas eram costureiras talentosíssimas e faziam vestidos maravilhosos; os banquetes e as festas que frequentava eram incrivelmente divertidos; e o conforto em que vivia agora seria impensável alguns meses atrás. Além de tudo, quando sentia saudade de casa, tinha Aspen por perto.

Ele era compreensivo, companheiro e tinha decidido colocar sua vida em perigo por ela – afinal, o que aconteceria se alguém descobrisse que, além de guarda do palácio, era ex-namorado de uma das candidatas? Era com Aspen que America contava nas horas mais difíceis. Por outro lado, o príncipe Maxon era atraente, bondoso, carinhoso e – o mais importante – desejava America mais do que qualquer outra garota da Elite.

Ensaio sobre a Cegueira

“Ensaio sobre a Cegueira” é um romance de José Saramago, que nos conta a história de uma epidemia que assola as pessoas de uma grande metrópole, que as deixa cegas. As autoridades, diante disso, colocam as pessoas “em quarentena” num manicômio, por acreditar que a doença seja contagiosa.

Mangás

A Biblioteca Isaías Paim foi selecionada pela Fundação Japão em São Paulo para receber 1 mil mangás dentro do programa de doação de livros.

O mangá consiste em imagens e diálogos que mostram o modo de vida e a cultura japonesa. As pessoas que lerem os mangás doados por este programa poderão se interessar pelas diferenças e as semelhanças entre o Japão e o Brasil, dando um primeiro passo em direção ao intercâmbio entre os dois países.

Comunicação da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul
Foto: Arquivo FCMS

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp