Campo Grande, 28 de fevereiro de 2024

Fora de campo, Daniel Alves é sócio de produtora e contou própria história em série

“Toda história tem começo meio e fim. Porém nunca será esquecida se escrita por mim”. A citação é de Daniel Alves no Instagram, após uma das muitas gravações de que participou nos últimos meses. O jogador é sócio de produtora e produtor-executivo do documentário que contou sua própria trajetória até a Copa do Mundo de 2022.

Preso em Barcelona sob acusação de agressão sexual, Daniel Alves estava próximo da aposentadoria – seu contrato com o Pumas ia até junho deste ano, mas foi rescindido por justa causa – e investia fora do futebol. Virou sócio da Maracanã Media, produtora de audiovisual, e também era produtor-executivo de série que o acompanhou nos últimos meses até o último Mundial.

Recentemente, também inaugurou instituto que leva seu nome na Bahia – com duas sedes, em Salvador e em Lauro de Freitas, a organização não-governamental atende a 600 crianças. No fim do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) abriu inquérito para investigar Daniel Alves por suposta irregularidade em recebimento de verbas públicas do governo federal.

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp