Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Coronel Renato dos Anjos Garnes assume Comando da PM com desafio de garantir mais segurança à população

Em uma cerimônia no Comando Geral, o coronel Renato dos Anjos Garnes assumiu o comando da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul no fim da tarde de quarta-feira (25) com o desafio de melhorar os índices de segurança e combate à criminalidade. Ao lado da subcomandante coronel Neidy Nunes Barbosa Centurião, ele vai conduzir a instituição. Renato dos Anjos Garnes substitui o coronel Marcos Paulo Gimenez, que passa a ser o chefe da Casa Militar. Marcos Paulo estava à frente da corporação desde maio de 2020.

O governador Eduardo Riedel destacou as qualificações dos novos comandante e subcomandante. “O Coronel Renato é uma pessoa muito experiente. Conhece profundamente as operações da Polícia Militar e o que ela precisa para seguir um ritmo de desenvolvimento com o único objetivo, de como é o lema da Polícia Militar, de servir e proteger o cidadão e cidadã sul-mato-grossense. Então, tenho certeza de que é uma pessoa de absoluto compromisso, com essa missão, conhecedor da estrutura da corporação, junto com a Coronel Neidy, primeira mulher a subcomandar a Polícia Militar do Estado”, disse.

Já o secretário Antonio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública) lembrou que Mato Grosso do Sul recebeu o maior projeto de segurança pública da história, quando o governador Eduardo Riedel era secretário de Governo e Gestão Estratégica, e afirmou ter certeza de que o Coronel Renato dos Anjos Garnes fará uma gestão de excelência no comando da Polícia Militar. “Espero que Mato Grosso do Sul seja referência, não apenas na segurança pública, mas próspero e inclusivo. Não vamos só manter os números da segurança pública, mas melhorar as entregas à população de Mato Grosso do Sul. Os resultados são frutos da integração em prol do Brasil. O senhor (Coronel Renato) fará uma gestão de excelência, no nível que merece a população de Mato Grosso do Sul”.

Mato Grosso do Sul tem a 6ª menor taxa de criminalidade dentre os estados brasileiros, atrás apenas de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A segurança pública de Mato Grosso do Sul tem sido referência nacional devido aos investimentos na valorização dos servidores, renovação de frotas, construções, reformas e aquisição de equipamentos. Foram mais de R$ 2 bilhões aplicados nessa área nos últimos oito anos.

Renato Garnes

O coronel Renato Garnes ingressou na carreira militar em 1993 como soldado do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul e, em 1995, assumiu novo concurso como oficial da Polícia Militar.

Foi comandante de Pelotão, chefe da Seção de Operações da 2ª CIPM (Corumbá); comandante de Pelotão em Dourados; comandante da 4ª Cia PMA/15° BPMA em Bonito; subcomandante do 15° BPMA e comandante da 4ª Cia PMA de Bonito; assessor militar da antiga Semagro (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar); assistente subcomandante geral PMMS; e comandante do 9º BPM- Campo Grande.

Ficou à disposição do Ministério da Justiça e Segurança Pública, prestando serviço junto à Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), na implantação do Sistema Único de Segurança Pública, e foi assessor militar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, até assumir o subcomando da PMMS em maio de 2020, ao lado de coronel Marcos Paulo Gimenez.

Coronel Neidy

A nova subcomandante da PM, coronel Neidy Nunes Barbosa Centurião, faz mais uma vez história na corporação, sendo a primeira mulher do Estado a assumir esta função. Neidy também foi a primeira a chegar a patente de coronel da PM em MS, no ano de 2020.

Desempenhou funções na Companhia de Trânsito, Policiamento Montado, 1° Batalhão, Comunicação Social, Comando da Cavalaria, Subcomando da PM de Corumbá, Batalhão Rodoviário, além do Centro de Equoterapia da Polícia, do qual é uma das fundadoras.

Também participaram do evento a primeira-dama Mônica Riedel; vice-governador Barbosinha, os secretários Jaime Verruck (Semadesc) e Ana Carolina Nardes (SAD); procuradora-geral do Estado, Ana Carolina Ali Garcia;  presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa; deputados Mara Caseiro e Coronel Davi; além de representantes do CMO (Comando Militar do Oeste), prefeitos, vices e vereadores, entre outras autoridades civis e militares.

Paulo Fernandes, da Comunicação do Governo de MS

Fotos: Saul Schramm

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp