Campo Grande, 26 de maio de 2024

Grêmio recorre a titulares para vencer

Por Eduardo Moura — Porto Alegre

O Grêmio entrou na vitória por 1 a 0 sobre o São José com alguns objetivos traçados. O primeiro era manter o 100% no Gauchão, o que foi possível a partir da entrada de quatro titulares no jogo. A intenção de observar os reservas ficou prejudicada no contexto do gramado sintético do Estádio Francisco Novelletto. A última missão era sair sem nenhuma lesão importante, também conquistada.

Quando Renato chamou Bitello e Ferreira, aos 20 minutos do segundo tempo, o Grêmio a grosso modo tinha tido apenas duas oportunidades de fazer gol, ambas desperdiçadas por Guilherme. Um contra-ataque rápido a partir de uma bola longa e uma bola parada.

Construções afastadas da identidade que Renato tenta imprimir no atual Grêmio. Mas o que sobra para o time reserva, sem entrosamento e em um gramado sintético que dificulta muito o andamento natural das partidas. A entrada da dupla deu o tom: o time precisava de mais qualidade.

— Sabíamos da maneira que o São José ia jogar, iam pressionar. A bola fica viva o tempo todo. Por isso evitamos sair jogando, quebramos no Diego para juntar e brigar pela segunda bola. O mais importante é que não dá para cobrar de um ou outro jogador, é muito dificil de jogar aqui — justificou Renato.

Oito minutos depois, o técnico acrescentou Fabio e Everton Galdino ao time. Essa dupla foi ainda mais decisiva, já que o lateral deu o passe para o atacante anotar o gol do jogo. Além deles, o volante e o camisa 10 também participaram de toda a jogada definitiva para o placar.

É apenas o terceiro jogo na temporada, claro. Mas a apresentação da equipe reserva não foi de empolgar. Dá a impressão, inclusive, que o grupo pode não ser assim tão bom para o ano – o time titular parece ser redondo e suficiente.

Os quatro titulares fizeram a diferença para o Grêmio. Foram fundamentais para a manutenção do 100% no Gauchão. É verdade, também, que poucas conclusões podem ser tiradas em cima do campo artificial do Passo D’Areia.

No geral, Bruno Uvini e Gustavo Martins foram os maiores destaques gremistas entre os 11 reservas que começaram o jogo. Rebateram constantemente as investidas do São José. Gabriel Grando também salvou o time na única chance do rival.

Bitello e Galdino em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Bitello e Galdino em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp