Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Governador assina convênio de R$ 4,9 milhões para sistema de esgotamento sanitário em Caracol

O governador Eduardo Riedel assinou convênio no valor de R$ 4,9 milhões para o município Caracol, que será utilizado em obras de sistema de esgotamento sanitário. Entre elas está a implantação de elevatória e linha de recalque que vai atuar sobre os efluentes industrias do frigorífico que está se instalando no município.

“Assinamos hoje este convênio para construir o tratamento de esgoto em um frigorífico, que está sendo instalado em Caracol. É um compromisso que o Estado tem para o desenvolvimento da cidade, pois este empreendimento vai gerar mais de 500 empregos. Nós vamos continuar apoiando os municípios”, afirmou o governador.

O prefeito de Caracol, Carlos Humberto Pagliosa, destacou que o sentimento é de gratidão por mais este apoio do Governo do Estado. “Caracol se sente grato, pois este convênio é uma oportunidade de fazer com que nossa cidade entre em um novo momento. Estamos lá com este frigorífico que vai abater mais de 700 cabeças por dia e vai investir R$ 50 milhões. Estamos deixando de ser uma cidade voltada apenas para pecuária, tendo agora também o setor industrial”.

Para o vice-governador, Barbosinha, isto mostra que o processo de industrialização está chegando em Caracol e o Governo está fazendo sua parte. “Já é uma cidade do ponto de vista ambiental sustentável, porque tem estação de coleta e tratamento de esgoto e este convênio é relativo ao efluente industrial. A natureza e a população agradecem”, destacou.

Este convênio é feito pela Semadesc (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), por meio do programa Pró-Desenvolve, que visa apoiar empreendimentos produtivos, que possam gerar empregos, renda e desenvolvimento para as cidades.

“Através do Pró-Desenvolve, que está dentro da Semadesc, faremos a construção deste emissário. Com isto Caracol que já é uma cidade bem atendida pelo Governo do Estado passa a ter mais um ponto fundamental que é a geração de empregos. Ao longo deste ano vai começar a atividade deste frigorífico, tendo este recurso para fazer o tratamento de todo os resíduos do frigorífico, neste local que tem potencial de gerar de 400 a 500 empregos”, afirmou o secretário Jaime Verruck.

Além do governador, participaram da solenidade o prefeito de Caracol, Carlos Humberto Pagliosa, o vice-governador Barbosinha e os secretários Jaime Verruck (Semadesc) e Eduardo Rocha (Casa Civil).

Leonardo Rocha, Comunicação do Governo de MS
Fotos: Saul Schramm

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp