Campo Grande, 24 de fevereiro de 2024

AGEMS e ANEEL estreitam parceria e debatem energia sustentável e ações sociais no setor elétrico

A energia sustentável é considerada atualmente meta global dentro do setor elétrico. A sustentabilidade possui um papel muito importante não só como fator principal na geração de energia limpa como também em questões sociais, econômicas e ambientais.

A sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente são pilares que a AGEMS possui para garantir serviços de qualidade à população em todas as esferas da regulação, principalmente no setor energético.

Nesta quinta-feira (2), o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, a diretoria executiva e o corpo técnico, receberam a comitiva ANEEL composta pelo diretor Ricardo Tili e equipe para um encontro de alinhamento e relacionamento institucional. Há 20 anos, a autarquia possui convênio de cooperação com a Agência Nacional, regulando e fiscalizando os serviços de energia elétrica no Mato Grosso do Sul.

O social importa

O fator sustentável tem diversos benefícios, como a preservação do meio ambiente, economia nas tarifas de luz e facilidade de recursos naturais. Por isso, seu aproveitamento vem sendo cada vez mais favorável, tanto para uso individual quanto conjunto em estabelecimentos comerciais e indústrias.

Na ocasião, foram debatidos diversos assuntos que envolvem o setor elétrico do país e especificamente do Mato Grosso do Sul, sendo prioritariamente discutidos, o  desenvolvimento sustentável e a importância da atuação social. O diretor-presidente, apresentou as inovações que a agência já executou nos quase dois anos de gestão com os projetos sociais dentro do setor de energia elétrica e algumas metas para o futuro.

“A AGEMS está muito bem posicionada e desde o começo tem o foco em ouvir a população, por isso investimos na nossa Ouvidoria que atualmente é 24h. Através disso, executamos a nossa expertise-  em parceria- nos projetos sociais de inovação e eficiência energética, como a instalação de energia fotovoltaica no camelódromo e no Mercadão Municipal. Sendo assim, unimos sustentabilidade e economia em grandes centros comerciais da nossa Capital”, explica Carlos Alberto de Assis.

O diretor da ANEEL, Ricardo Tili parabenizou a AGEMS e destacou a importância da parceria com agências reguladoras locais para um avanço saudável nas ações do setor elétrico, o que resulta em impacto positivo na sociedade.

“Mato Grosso do Sul com certeza é um Estado privilegiado. Bem localizado, tem capacidade econômica e técnica. Com certeza, a AGEMS é  uma das agências mais atuantes no país e está um passo à frente dentro da regulação”, afirma Tili.

Inovação e sustentabilidade 

Além dos projetos de eficiência energética encaminhados pela Diretoria de Inovação e Relações Institucionais, que vem impulsionando a Agência Reguladora com cases de sucesso, para 2023 já estão sendo projetadas ações dentro do setor energético para Mato Grosso do Sul.

“Através da inovação e do trabalho eficiente, a modernização tem aberto portas para facilitar a vida das pessoas que estão vivenciando um novo ambiente regulatório no Estado”, afirma a diretora da pasta, Rejane Monteiro.

Energia social no MS 

Mato Grosso do Sul conta com um grande programa social para beneficiar famílias carentes. O programa “Energia Social: Conta de Luz Zero”.  Sucessor do antigo governo, o projeto neste ano,  inicia com 152 mil famílias contempladas com a conta de luz paga pelo Governo do Estado. Esta ação ajuda diretamente na renda destes cidadãos, que podem usar este recurso para outra finalidade.

“Além dos programas sociais que o Governo do Estado propõe, nós como Agência Reguladora, projetamos ações que vão aos bairros, centros comerciais e muitas outras localidades. O objetivo é ter ações que virão para somar e beneficiar a população, com a parceria de concessionárias e com apoio da ANEEL”, finaliza o diretor de gás e energia, Valter Almeida.

Publicado por: Bruna Aquino

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp