Campo Grande, 22 de junho de 2024

EUA rebatem China e dizem que balão chinês é de espionagem

Por g1

O Pentágono rebateu nesta sexta-feira (3) a versão do governo chinês sobre um balão que sobrevoa os Estados Unidos e afirmou que se trata de um equipamento de vigilância da China.

Pequim havia dito mais cedo que o balão, do governo chinês, era um equipamento para fins meteorológicos e científicos que havia desviado de seu rumo original por conta de ventos e por não ter autonomia de direção.

Já o Pentágono — sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos — contestou a versão e disse que o balão:

  • Tem autonomia para manobrar, ao contrário do que o governo chinês havia alegado;
  • Desviou de seu curso original deliberadamente;
  • Comporta uma “grande carga” dentro e um mecanismo de vigilância na parte de baixo;
  • Não há evidência de material radioativo ou nuclear, mas os EUA ainda não derrubaram o balão por temor de algum tipo de risco à população;
  • Serve para fins de vigilância, e não para pesquisas meteorológicas e científicas, como havia alegado Pequim;
  • Seguirá sobrevoado o espaço aéreo dos EUA por alguns dias;
  • Estava sobre a região central dos Estados Unidos na tarde desta sexta-feira.

 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp