Campo Grande, 24 de fevereiro de 2024

Vereadora Luiza Ribeiro acha que isenção de impostos deve reduzir a tarifa de transporte coletivo

Foi discutida e votada em regime de urgência durante a sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (14), a isenção de ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) na prestação do serviço do transporte coletivo.

De acordo com o projeto encaminhado, serão renunciados R$10.869.409,44 em 2023. Para a vereadora, a isenção de impostos deve reduzir a tarifa de transporte coletivo. “A concessão de benefícios fiscais e os montantes que serão transferidos pela Prefeitura de CG e pelo Governo do Estado devem servir para reduzir o valor da tarifa do transporte coletivo ou pelo menos para congelar a tarifa. Não faz sentido, injetar valores no Consórcio e ainda admitir a elevação do preço da tarifa”, ressaltou a vereadora no momento do voto favorável.

Assessoria de Imprensa da Vereadora

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp