Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Na região de saída para Aquidauana, preços de combustíveis apresentam diferença de até 17,99%

A região de saída para Aquidauana, em Campo Grande, foi visitada por equipe do Setor de Pesquisas da Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor -Procon/MS, órgão integrante da Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos), que realizou levantamento de preços dos diversos tipos de combustíveis comercializados nos postos de serviços ali localizados.

Foram visitados nove postos de combustíveis, no dia 23 de fevereiro, e pesquisados os valores de comercialização de etanol, gasolina e diesel S 10 e S 500 nas modalidades comum e aditivado, totalizando oito itens verificados, para venda a vista – em dinheiro – ou por meio dos cartões de crédito e débito.

Com objetivo de orientar o cidadão, proprietário ou condutor de veículos automotores, foram verificados para divulgação os índices de variação de preços. Na região em questão, a maior diferença (17,99%) ficou para o diesel S 500 comum para as  três modalidades de  pagamento – dinheiro ou cartões de débito e credito.

Nesse caso, o maior valor encontrado foi de R$ 6,69 no Auto Posto Ecológico Ltda (avenida Duque de Caxias,3144 – Jardim Vera Cruz) e o menor valor, de R$ 5,67, no Posto São José (Rua Yokoama, 1068) e Posto Fenner Ltda – Posto Positivo ( avenida Engenheiro Amélio Carvalho Bais, 34).

A menor variação foi de 2,84% registrado na gasolina aditivada para o pagamento no crédito, sendo o maior valor de R$ 5,44 no Posto Bonatto e Cia (avenida. Duque de Caxias, 5403 – Vila Serradinho), e o menor valor de R$ 5,29 no Auto Posto Ecológico (avenida Duque de Caxias,3144 – Jardim Vera Cruz) e no Posto Eco Park do Imbirussu ( avenida José Barbosa Rodrigues, 2546).

É oportuno destacar que nesta rota pesquisada não foram encontrados em oferta os produtos: etanol aditivado, diesel S500 aditivado e diesel S10 aditivado.

Comparativo

Para dar maior destaque à ação foram estabelecidos termos comparativos onde dos cinco itens comparados, três (etanol comum, diesel S50 comum e diesel S 10 comum) apresentaram decréscimo pra comercialização tanto em dinheiro como por meio dos cartões de débito e crédito em relação à pesquisa mais recente. Já, a gasolina  comum apresentou acréscimo  de  1,27% , para pagamento com cartão de débito e  de 0,83% para pagamento no crédito.

Confira aqui a pesquisa

Confira o comparativo entre os meses de janeiro e fevereiro

Waldemar Hozano, Procon/MS

Foto: Bruno Rezende/a

A região de saída para Aquidauana, em Campo Grande, foi visitada por equipe do Setor de Pesquisas da Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor -Procon/MS, órgão integrante da Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos), que realizou levantamento de preços dos diversos tipos de combustíveis comercializados nos postos de serviços ali localizados.

Foram visitados nove postos de combustíveis, no dia 23 de fevereiro, e pesquisados os valores de comercialização de etanol, gasolina e diesel S 10 e S 500 nas modalidades comum e aditivado, totalizando oito itens verificados, para venda a vista – em dinheiro – ou por meio dos cartões de crédito e débito.

Com objetivo de orientar o cidadão, proprietário ou condutor de veículos automotores, foram verificados para divulgação os índices de variação de preços. Na região em questão, a maior diferença (17,99%) ficou para o diesel S 500 comum para as  três modalidades de  pagamento – dinheiro ou cartões de débito e credito.

Nesse caso, o maior valor encontrado foi de R$ 6,69 no Auto Posto Ecológico Ltda (avenida Duque de Caxias,3144 – Jardim Vera Cruz) e o menor valor, de R$ 5,67, no Posto São José (Rua Yokoama, 1068) e Posto Fenner Ltda – Posto Positivo ( avenida Engenheiro Amélio Carvalho Bais, 34).

A menor variação foi de 2,84% registrado na gasolina aditivada para o pagamento no crédito, sendo o maior valor de R$ 5,44 no Posto Bonatto e Cia (avenida. Duque de Caxias, 5403 – Vila Serradinho), e o menor valor de R$ 5,29 no Auto Posto Ecológico (avenida Duque de Caxias,3144 – Jardim Vera Cruz) e no Posto Eco Park do Imbirussu ( avenida José Barbosa Rodrigues, 2546).

É oportuno destacar que nesta rota pesquisada não foram encontrados em oferta os produtos: etanol aditivado, diesel S500 aditivado e diesel S10 aditivado.

Comparativo

Para dar maior destaque à ação foram estabelecidos termos comparativos onde dos cinco itens comparados, três (etanol comum, diesel S50 comum e diesel S 10 comum) apresentaram decréscimo pra comercialização tanto em dinheiro como por meio dos cartões de débito e crédito em relação à pesquisa mais recente. Já, a gasolina  comum apresentou acréscimo  de  1,27% , para pagamento com cartão de débito e  de 0,83% para pagamento no crédito.

Confira aqui a pesquisa

Confira o comparativo entre os meses de janeiro e fevereiro

Waldemar Hozano, Procon/MS

Foto: Bruno Rezende/arquivo

rquivo

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp