Campo Grande, 22 de fevereiro de 2024

Parque estadual recebe R$ 20 milhões em investimentos para combate a incêndios e preservação do meio ambiente

Visando incrementar as ações de proteção do meio ambiente na região do Vale do Ivinhema, o Governo do Estado, por meio da Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação) e Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS) assinou nesta terça-feira (28) termos da reforma e implantação do aeródromo no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema. Na ocasião também foi entregue um avião de combate a incêndios e um gerador de energia na localidade. A pista de pouso no local é estratégica no combate a incêndios nesta região, que teve grande incidência de ocorrências em anos anteriores. Trata-se também da primeira base de combate a incêndio florestal do Governo. Os investimentos juntos superam os R$ 20 milhões.

A solenidade, realizada dentro das instalações do parque, contou com a presença do secretário Jaime Verruck, de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), representando o governador Eduardo Riedel, o diretor-presidente do Imasul, André Borges, deputado estadual Renato Câmara, o prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite, o prefeito de Taquarussu, Clóvis do Nascimento, a prefeita de Naviraí, Rhaiza Matos, além de autoridades do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental e vereadores.

O primeiro termo assinado foi da reforma e implantação do aeródromo do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema. O projeto executivo do aeródromo incluiu a terraplenagem da pista de pouso e decolagem com 1.200 metros, terraplenagem do desvio do acesso e posto de combustível, drenagem e cerca de passagem de fauna. A obra foi possível por meio de termo de Compromisso de Compensação Ambiental celebrado entre Imasul e a empresa Neomille S/A, no valor de R$ 3.501.210,61.

Na oportunidade ainda foi assinado o termo de recebimento provisório da aeronave Air Tractor Modelo AT-802F do Imasul, que servirá ao combate a incêndios florestais para atender as unidades de conservação e parques do Estado. A aeronave foi fabricada em 2022 e tem capacidade de lançamento de água de 3.104 litros. Ela foi comprada a partir de um termo de Compensação Ambiental celebrado entre o Imasul e a Suzano no valor de R$ 16,5 milhões.

Ainda durante evento foi assinado um termo de recebimento de um gerador diesel para o Parque. O equipamento foi obtido graças a um termo de Compromisso de Compensação Ambiental, celebrado entre o Imasul e a Suzano, com valor de R$ 80.115,00.

Foco na sustentabilidade

De acordo com o titular da Semadesc, Jaime Verruck, o governador Riedel está muito focado em sustentabilidade, mas com ações efetivas como estas entregas que foram feitas hoje no Parque. “A preocupação é tornar o Estado sustentável, mas com ações efetivas como estas que estamos entregando hoje”, explicou.

O parque abriga a maior bacia hidrográfica de Mato Grosso do Sul que é a bacia do Ivinhema e possui um mosaico de áreas protegidas de unidades de conservação que ultrapassam 73 mil hectares. Isso acarreta muitos problemas como incêndios florestais. “Por isso a necessidade de fiscalização constante”, enfatizou o secretário. A pista, segundo Verruck, será estratégica para as ações de fiscalização ambiental do Imasul, combate a incêndios, além de dar suporte a região que está próxima a inumeras áreas de produção de graos e polos turísticos no Rio Paraná, na divisa com SP e PR.

O secretário da Semadesc ainda realizou uma breve visita ao parque e entregou uma ponte construída sobre o Córrego Fumaça. Durante a visita ele recebeu do prefeito de Jateí o pedido para que Governo finalize um trecho de 20 km de estrada que liga a nova ponte até uma fazenda. “A demanda será levada por nós ao governador Riedel”, sinalizou.

Ações efetivas

O diretor-presidente do Imasul. Andre Borges ressaltou a importância da parceria do Governo do Estado em apoiar as ações do órgão ambiental, assim como das empresas da iniciativa privada. “Este evento mostra a confiança que o Imasul conseguiu obter junto ao Governo do Estado e a credibilidade na nossa atuação. Os investimentos só foram possíveis graças a confiança das empresas que acreditam no trabalho que realizamos em conservação ambiental nas unidades de preservação”, citou Borges.

Representando os prefeitos dos municípios que compõem o Vale do Ivinhema, Eraldo Leite, de Jateí, elogiou o trabalho do Governo do Estado, por meio da Semadesc e do Imasul. Ele destacou que em mais de 20 anos da criação do parque esta é a primeira vez que viu ações efetivas para o pleno funcionamento do local. “Eu venho aqui com o sentimento que agora realmente foi feita uma ação real para melhoria do parque. Agora sim estamos vendo que as medidas que deveriam ser feitas no parque agora estão acontecendo”, acrescentou.

Já o deputado estadual Renato Câmara exaltou o trabalho realizado na Unidade de Conservação e da importãncia do parque para desenvolvimento para toda a região. “Temos discutido todos os meses ações para ter medidas ainda mais contudentes para preservar o meio ambiente em MS”, pontuou.

ATENÇÃO IMPRENSA

Confira aqui o pool de imagens e fotos 

Rosana Siqueira, da Semadesc

Fotos: Bruno Rezende 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp