Campo Grande, 27 de fevereiro de 2024

Setescc e UCDB promovem exposição com ilustração de mulheres que fizeram e fazem a história de MS

Por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, a Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), em parceria com a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), realiza a exposição ‘Mulheres que fazem o MS’ mostrando o protagonismo das mulheres que fizeram ou fazem parte da história da cultura Sul-Mato-Grossense. Como uma das realizações do mês de março que é referente ao protagonismo feminino, mulheres ocupando lugares de espaço, autonomia e independência.

A exposição será inaugurada nesta sexta-feira (3) como parte da programação do Quintal Sesc no Shopping Campo Grande, e apresenta personagens femininas importantes para a cultura e história de Mato Grosso do Sul nas mais diversas áreas de atuação, como artes plásticas, música, educação, dança e causas sociais. Conta com ilustrações e contos lúdicos de personalidades significativas como Lídia Baís, Tia Eva, Lenilde Ramos, Conceição dos Bugres e muitas outras.

Junto com o conto é disponibilizado um QR Code que leva para uma áudio dramatização da história no Spotify. Pensando na inclusão e acessibilidade de pessoas com deficiência visual também há um QR Code com a audiodescrição das imagens.

Os trabalhos expostos são de origem da disciplina de Computação Gráfica do curso de Design e Publicidade da UCDB, sob supervisão do professor Gabriel Ferraciolli. “A exposição é importante para que toda a população possa conhecer um pouco da nossa história, do que nós fomos formados e quem contribuiu para chegarmos onde chegamos. Muitas dessas artistas, professoras, advogadas, musicistas, carregam a identidade do que chamamos ser sul-mato-grossense”, relata o professor.

Aberta ao público, a apresentação tem como público-alvo as crianças, pois apresenta materiais de caráter lúdico. Ao ler as histórias e ver as ilustrações, elas podem ser inspiradas a seguirem exemplos de mulheres que fizeram a diferença e transformaram a história sul-mato-grossense. A subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Cristiane Sant’Anna de Oliveira, relata que a exposição é importante para formar o imaginário das crianças, principalmente meninas. “Contar essas histórias contribui para que meninas entendam que podem chegar em lugares de poder, como essas mulheres apresentadas. É importante para que elas sintam-se representadas”.

O projeto da disciplina foi inspirado no livro Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes (2017) das autoras Elena Favilli e Francesca Cavallo, em que contam com fábulas e ilustrações de 100 mulheres extraordinárias do mundo.

Serviço

A cerimônia de abertura da exposição será nesta sexta-feira (3), às 17 horas, no espaço Quintal Sesc, no estacionamento do Shopping Campo Grande, já a exposição completa ficará no corredor de expansão, localizado no piso superior do Shopping. A entrada é gratuita.

Texto: Bel Manvailer, estagiária com supervisão de Jaqueline Hahn Tente (Setescc)

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp