Campo Grande, 22 de abril de 2024

AGEMS e Assembleia Legislativa debatem a inovação nos serviços públicos regulados

Inovação e modernização são dois grandes pilares da nova gestão da AGEMS. Através da comunicação, a Agência Reguladora tem como principal objetivo trazer a população mais para perto, desburocratizando e levando conhecimento através da informação para os lares sul-mato-grossenses.

Nesse sentido, a diretora de Inovação e Relações Institucionais Rejane Monteiro e a procuradora do Estado, Priscilla de Siqueira Gomes, foram recebidas em visita institucional nesta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa, pelo presidente Gerson Claro, juntamente com o líder do governo na Casa de Leis, deputado Londres Machado.

Na ocasião, debateram as inovações que a AGEMS vem trazendo para projetar Mato Grosso do Sul a nível nacional dentro da regulação. A diretora de inovação também apresentou proposta de novo conceito da AGEMS de divulgação dos serviços públicos, colocando também o corpo técnico da regulação à disposição do poder Legislativo.

“A AGEMS tem desenvolvido um novo ambiente regulatório e tem projetado Mato Grosso do Sul como exemplo de inovação e modernização dos serviços regulados. Dentro desse cenário, nos colocamos à disposição da Casa de Leis para trabalhar novos conceitos e firmar futuras parcerias, a fim de entregar os melhores serviços aos cidadãos sul-mato-grossenses”, afirma.

Divulgação e Dinamismo
Uma das propostas para divulgação e comunicação direta com a sociedade, é o “Regulação em Pauta”, um programa institucional de entrevistas semanais com temas sobre a regulação de serviços públicos importantes em Mato Grosso do Sul.

Com entrevistas semanais, o programa trará personalidades e profissionais que atuam dentro desse ambiente regulatório. Discussões como essas, trarão um maior entendimento à população sobre como funcionam os serviços de regulação, quais são seus direitos e deveres como usuários em cada serviço público.

Novas Ferramentas
O programa não será apenas entrevistas em vídeo. Em cada formato, serão extraídos frames para o canal do Youtube e redes sociais e captar áudios para episódios de podcasts, assim essas ferramentas também ajudarão na consolidação do material e na divulgação dos serviços que a AGEMS realiza em prol do Estado.

Fotos: Cleidiomar Barbosa 

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp