Campo Grande, 22 de abril de 2024

Flamengo perde na estreia da Libertadores

Flamengo estreia na Libertadores com derrota de virada para o Aucas

Rubro-Negro vai a campo com time reserva e abre o placar no primeiro tempo com Matheus França, mas na etapa final cai de produtividade na altitude e sofre a virada

Resumão

O Flamengo não fez a estreia que esperava na Libertadores. A equipe perdeu para o Aucas por 2 a 1, nesta quarta, no Estádio Chillogallo, pela 1ª rodada da competição. O Rubro-Negro, que teve o time titular preservado antes do segundo jogo da final do Carioca, dominou a etapa inicial e abriu o placar com Matheus França, mas a situação mudou no segundo tempo. Enquanto o time de Vítor Pereira caiu de produção na altitude, o Aucas cresceu no jogo, melhorou a marcação e passou a atacar mais. Assim, o Rubro-Negro acabou sofrendo a virada, com gols de Castillo e Ordoñez. Com o resultado, o Fla perdeu uma sequência de 14 jogos sem derrotas como visitante na Libertadores.

Caicedo e Everton Ribeiro em Aucas x Flamengo

Caicedo e Everton Ribeiro em Aucas x Flamengo (Foto: Rodrigo Buendía/AFP)

Estreia negativa após nove anos

O Flamengo voltou a perder na estreia na Libertadores após 3.339 dias. A última derrota tinha sido para o León por 2 a 1, em 12 de fevereiro de 2014.

Aucas x Flamengo na Libertadores

Aucas x Flamengo na Libertadores (Foto: REUTERS/Cristina Vega)

  • Queda de invencibilidade

    Flamengo perdeu a invencibilidade de 14 jogos fora de casa pela Libertadores. A última derrota foi para o Independiente del Valle por 5 a 0, em 2020 (a derrota para o Palmeiras na final de 2021 foi em campo neutro). Além disso, o Rubro-Negro também viu cair os 13 jogos de invencibilidade geral na competição – a equipe foi campeã invicta com impressionantes 12 vitórias e apenas um empate (com o Talleres, na primeira fase).

    Wesley e Cuero em Aucas x Flamengo

    Wesley e Cuero em Aucas x Flamengo (Foto: Rodrigo Buendía/AFP)

  • Segundo tempo

    A situação do jogo mudou na etapa final. O Flamengo caiu de produtividade na altitude, enquanto o Aucas voltou com as linhas mais adiantadas e pressionando o adversário. Aos 12 minutos, o empate veio após Everton Ribeiro errar passe no campo de ataque e fornecer contra-ataque para o Aucas. Eryc Castillo recebeu, bateu para o gol, deixou tudo igual e marcou o primeiro gol da equipe na história da Libertadores. Aos 20, o próprio Castillo chegou a marcar, mas o gol foi anulado após consulta no VAR – houve falta de Quiñónez em Varela no início da jogada. Aos 39, no entanto, Cuero lança Ordoñez, Rodrigo Caio dá bobeira, Santos sai mal do gol, e o camisa 17 dá um toquinho para tirar do goleiro e garantir a virada.

    Eryc Castilho comemora gol do Aucas sobre o Flamengo

    Eryc Castilho comemora gol do Aucas sobre o Flamengo (Foto: CONMEBOL)

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp