Campo Grande, 13 de junho de 2024

Faça Bonito: Agência de Regulação apoia campanha contra exploração infantil

A campanha pelo combate à exploração sexual infantil ganhou o apoio da Agems (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos). A convite do Concex/MS (Comitê de Enfrentamento da Violência e de Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes de Mato Grosso do Sul), a Agência se une à mobilização, que acontece durante todo o mês, pelo 23º ano, e que tem como marco principal o dia 18 de Maio.

“A proteção das crianças tem que ser um compromisso de toda a sociedade, e a Agems e seus colaboradores estão de mãos dadas nessa luta”, afirmou o diretor-presidente, Carlos Alberto de Assis, ao receber nesta terça-feira (9) os representantes do Concex Matheus Firmino e Tania Regina Comerlato.

“É importante contar com o apoio de entidades como a Agems para dar visibilidade ao 18 de Maio. Precisamos sensibilizar a sociedade civil sobre a violação de direitos”, diz Matheus.

Mobilização

Em articulação com o Comitê, a Agência vai reforçar em suas redes digitais de comunicação a divulgação de alertas e de canais de denúncias e incentivar a divulgação também pelas concessionárias estaduais dos serviços de rodovias e transporte de passageiros.

“Estamos presentes na fiscalização dos serviços em locais que são alguns dos focos dos organizadores. E estamos também muito presentes nos meios digitais, então, estamos dizendo ‘sim’ à campanha, em prol da segurança das crianças e adolescentes do nosso estado”, destaca a diretora de Inovação e Relações Institucionais, Rejane Monteiro.

Proteger é fazer bonito

O 18 de Maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído pela Lei Federal 9.970/00, um marco na luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro.

Aproveitando a data, acontece durante todo o mês uma campanha coordenada nacionalmente pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e Rede ECPAT Brasil – uma coalizão de organizações da sociedade civil, em parceria às Redes Nacionais de Defesa dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

Nos estados e municípios é promovida por entidades como o Concex/MS.

Gizele Oliveira, Agems

Fotos: Cleidiomar Barbosa

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp