Campo Grande, 22 de junho de 2024

“Não basta plantar, tem que cuidar”, ação da Agems vai monitorar e realizar novos plantios no Parque dos Poderes

Em alusão ao Dia do Meio Ambiente, a Agems (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos) realiza neste sábado (3) a ação “Não basta plantar, tem que cuidar”, no Arco dos Ipês, em Campo Grande. O evento, tem como objetivo acompanhar o desenvolvimento das mais de 123 mudas que foram plantadas em 2022 no Parque dos Poderes. O Arco dos Ipês fica na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, que faz uma curva e, por isso, o trajeto das árvores formará um arco se visto de cima.

“Mais uma ação muito importante da Agems que preza pelo cuidado do meio ambiente. Nessa edição, vamos substituir as mudas que não cresceram e plantar mais dois ipês alusivos aos 46 anos de Mato Grosso do Sul e 124 da nossa Cidade Morena. Promover a educação ambiental é nosso compromisso e cuidado com o futuro”, afirma o diretor-presidente da Agência Reguladora, Carlos Alberto de Assis.

Educação ambiental

A ação faz parte do projeto de educação ambiental realizado pela Agems por meio da Diretoria de Saneamento Básico e Resíduos Sólidos e da Diretoria de Inovação e Relações Institucionais.

“O foco de implementar a educação ambiental na sociedade é promover mudanças de comportamento, incentivando a adoção de ações responsáveis e o desenvolvimento de uma consciência ambiental crítica, que contribua para a construção de um futuro mais sustentável”, explica a diretora de Saneamento e Resíduos Sólidos, Iara Marchioretto.

Cuidado e proteção ao meio ambiente

Desde o primeiro plantio das centenas de mudas, a Agems vem cuidando dos Ipês para que tenham um crescimento saudável e adequado. De acordo com a coordenadora do projeto, a analista em regulação Elisa Paes, algumas ferramentas serão adotadas para garantir esse cuidado mais detalhado dos Ipês.

“Foram plantadas centenas de mudas e cada uma recebeu um tutor que ficou responsável por cuidar de sua plantinha. Ao longo de um ano, algumas se desenvolveram muito bem e outras infelizmente não vingaram. Vamos deixar tudo pronto para que no sábado o tutor faça o replantio de sua muda se necessário e estaremos conscientizando-os sobre a importância de continuar cuidando de cada ipê”, explica a coordenadora.

Inovação e a sustentabilidade

Como tradição, a Agems inclui a sociedade em todos os eventos de conscientização e as crianças e adolescentes são protagonistas nessa edição do evento. Serão elas que farão o novo plantio das mudas e terão informações sobre educação ambiental através dos servidores da Agência e cartilhas informativas.

De acordo com a diretora de Inovação e Relações Institucionais, Rejane Monteiro, a inovação e a sustentabilidade caminham juntas na jornada em busca de um mundo mais sustentável.

“A inovação e a sustentabilidade são duas forças poderosas que impulsionam o progresso e o desenvolvimento socioeconômico, ao mesmo tempo em que promovem a conservação dos recursos naturais e a proteção do meio ambiente”, finaliza Rejane.

História

O Ipê é a árvore símbolo do Estado sul-mato-grossense por meio da Lei 5.228, de 16 de junho de 2018. É a árvore mais encontrada nas ruas e que na sua estação traz ainda mais beleza e encanta a população. O nome da espécie tem origem indígena tupi e significa casca dura, também conhecida como pau d’arco, já que antigamente os índios utilizavam a madeira dessas árvores para fazerem os seus arcos de caça e defesa.

Bruna Aquino, Agems

Fotos: Cleidiomar Barbosa

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp