Campo Grande, 19 de julho de 2024

Foi Lula que Sansionou a Lei : ¨Dia Nacional da Marcha de Jesus¨

Lula

Lula Cristiano Mariz / O Globo

Após ser convidado para participar da Marcha para Jesus, o presidente Lula (PT) enviou uma carta ao idealizador do evento, o apóstolo Estevam Hernandes, em que agradece o “honroso convite”, mas afirma que não irá participar da manifestação. De acordo com o chefe do Executivo, a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) e o advogado-geral da União Jorge Messias irão representá-lo. O evento ocorre nesta quinta-feira, durante o feriado de Corpus Christi, em São Paulo.

Ao longo do documento, Lula reforça sua admiração pela marcha: “Sempre admirei e respeitei a Marcha para Jesus, que considero uma das mais extraordinárias expressões da fé de nosso povo”.

O presidente relembra que, em 2009, ele foi o autor da lei que criou o Dia Nacional da Marcha para Jesus e afirma que esse é um dos seus “orgulhos”.

“Quero reafirmar minha admiração à Marcha e meu compromisso de garantir, para sempre, o pleno direito de cada pessoa desse país seguir professando sua fé. E desejar, do fundo do meu coração, que esse seja um momento abençoado para todos os brasileiros”.

Apesar da recursa, o apóstolo Estevam Hernandes recebeu o documento como um “bom gesto” do presidente pelo reconhecimento da importância do evento.

Mesmo tendo criado o dia da Marcha, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi o primeiro mandatário a participar do evento. No ano passado inclusive, o então candidato à reeleição usou o evento como palanque. Na ocasião, Bolsonaro criticou o risco de “socialismo” e tratou da situação econômica do país.

— Somos conta o aborto, a ideologia de gênero e a liberação de drogas. E somos defensores da família brasileira — afirmou, em cima do segundo trio elétrico de um cortejo de dez caminhões no evento.

Em 2019, primeiro ano de seu mandato, o ex-presidente disse que tentaria a reeleição caso não aprovasse uma reforma política. O apóstolo Estevam Hernandes afirmou ser “hiper favorável”.

— Ainda temos muitas coisas para acontecerem. Mas o nosso desejo é que o Brasil dê certo, que o governo dele (Bolsonaro) dê certo. Como ele falou, se as reformas acontecessem, seria muito importante uma reeleição. Eu seria hiper favorável se isso acontecesse — disse o apóstolo da Resnacer em Cristo, que conta com cerca de 500 igrejas espalhadas por Brasil, Europa e Estados Unidos.

Leia a íntegra da carta:

 

Ao Ilustríssimo Senhor Apóstolo Estevam Hernandes

Prezado Apóstolo,

Recebi com muita alegria a sua carta do último dia 30 de maio. Em meu nome, e em nome de todo o Governo Federal, quero agradecer desde já pelo honroso convite para participação na Marcha para Jesus.

Infelizmente não será possível participarmos este ano.

Retransmiti o convite à Deputada Federal Benedita da Silva e ao Ministro-Chefe da Advocacia-Geral da União, Jorge Messias, que ficarão honrados em me representar na ocasião.

Sempre admirei e respeitei a Marcha para Jesus, que considero uma das mais extraordinárias expressões da fé de nosso povo.

Todo ano, milhões de pais, mães, crianças e adolescentes se reúnem para louvar aquele que tantos ensinamentos trouxe à humanidade. Por isso mesmo, um de meus maiores orgulhos como Presidente da República foi ter sancionado, ainda em 2009, a Lei que instituiu o Dia Nacional da Marcha para Jesus.

Mais do que nunca, precisamos estar unidos em torno dos valores propagados por Cristo. Valores de solidariedade com aqueles mais precisam. De levar o pão a quem tem fome. Do amor ao próximo. Da compaixão e compreensão. Da tolerância com os que são diferentes de nós, e com as imperfeições e erros dos seres humanos. E a promoção da paz, harmonia e amor entre os povos.

Vivemos num momento em que as telas de nossos celulares nos bombardeiam, o tempo todo, com mentiras e com mensagens de ódio. Um momento em que antigas amizades são quebradas quando há alguma discordância política. E em que a desunião toma conta até do sagrado ambiente das famílias, com filhos deixando de falar com os pais, com irmãos se desunindo por conta do que deveria ser apenas uma diferença de opiniões.

A Marcha para Jesus é o contrário disso tudo. É o louvor à paz e ao amor de Cristo. É a força alegre da fé vencendo o ódio e a discórdia que só afastam as pessoas.

Por isso tudo, quero reafirmar minha admiração à Marcha e meu compromisso de garantir, para sempre, o pleno direito de cada pessoa desse país seguir professando sua fé. E desejar, do fundo do meu coração, que esse seja um momento abençoado para todos os brasileiros.

Atenciosamente,

Luiz Inácio Lula da Silva

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp